Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira

29 de julho de 2020 ou 10 de agosto de 2016?

Já está cansado? Nem pensar, prepare-se para relembrar uma disputa de tirar o fôlego na ginástica

Redação Publicado em 29/07/2020, às 10h00

Kohei Uchimura se apresenta no cavalo com alças durante disputa do individual geral da ginástica
Kohei Uchimura se apresenta no cavalo com alças durante disputa do individual geral da ginástica - Alex Livesey/GettyImages

O quinto dia de disputas da Olimpíada do Rio viu um ginasta alcançar um feito que não acontecia há 44 anos e um nadador fazer história para o seu país.

Invencível...
O ginasta japonês Kohei Uchimura chegou ao Rio ostentando o título de campeão olímpico no individual geral e uma invencibilidade que durava desde o Campeonato Mundial de 2009. Numa disputa acirrada com o ucraniano Oleg Verniaev, que liderava a competição até o último aparelho, a barra fixa, Uchimura viu seu domínio muito perto de acabar. A vitória veio por uma diferença ínfima de 0,009, ele somou 92,365 contra 92,266 de Verniaev. Uchimura então se sagrava bicampeão olímpico no individual geral, feito que não acontecia há 44 anos.

Medalha inédita
Com o tempo de 2min07s46, Dmitriy Balandin venceu os 200m peito e entrou para a história do Cazaquistão. O ouro de Balandin foi a primeira medalha do país na natação, e logo a dourada. Foi apenas no final que Balandin tomou a frente da prova, liderada em sua maior parte pelo japonês Yasuhiro Koseki, que acabou em quinto. "Isso é um sonho para o meu país. Estou muito feliz", celebrou o nadador cazaque.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!