Sportbuzz
Olimpíadas / EM BUSCA DO OURO!

Retrospecto da Seleção Feminina de Vôlei em finais olímpicas

O Brasil chegou à sua terceira final de Vôlei Feminino em Jogos Olímpicos e vai encarar os Estados Unidos em busca da medalha de ouro

Redação Publicado em 06/08/2021, às 19h49 - Atualizado às 20h00

O Brasil chegou à sua terceira final de Vôlei Feminino em Jogos Olímpicos e vai encarar os Estados Unidos - Getty Images
O Brasil chegou à sua terceira final de Vôlei Feminino em Jogos Olímpicos e vai encarar os Estados Unidos - Getty Images

A Seleção Brasileira Feminina de Voleibol derrotou as sul-coreanas na manhã desta sexta-feira, 06, e se classificou para a final dos Jogos Olímpicos, onde enfrentará as americanas em busca da medalha de ouro.

Para chegar até a final, o Brasil se classificou em primeiro lugar do grupo A, que ainda contava com Sérvia, República Dominicana, Coreia do Sul, Japão e Quênia, vencendo todos os jogos. Depois, as brasileiras despacharam a Rússia e novamente a Coreia do Sul, nas quartas e semifinal, respectivamente.

Um fato curioso, é que o a Seleção Brasileira disputou apenas duas finais olímpicas em sua história, em Pequim-2008 e Londres-2012, enfrentando os Estados Unidos nas duas oportunidades e saindo vencedor em ambas. Além dos dois ouros, a seleção feminina de vôlei também conquistou outras duas medalhas de bronze, nos jogos de Atlanta-1996 e Sydney-2000.

 

 

PEQUIM-2008

Nos jogos olímpicos de Pequim-2008, o Brasil chegou pela primeira vez em uma final olímpica, e com uma marca impressionante, chegaram até a final sem perder um único set.

Na fase de grupos, as brasileiras derrotaram Itália, Rússia, Sérvia, Cazaquistão e Argélia, se classificando, obviamente, em primeiro lugar. Depois, na fase de mata-mata, despacharam as japonesas nas quartas de final e as chinesas, donas da casa, na semi, até alcançarem a grande final, onde enfrentariam as americanas.

Na decisão, o time de José Roberto Guimarães venceu o primeiro set por 25 a 15. No segundo, as americanas venceram por 25 a 18, o único set que a seleção brasileira perdeu naqueles Jogos Olímpicos. Por fim, a seleção canarinha venceu os dois sets seguintes, por 25 a 13 e 25 a 21, respectivamente, e saiu com a medalha de ouro pendurada em seu pescoço pela primeira vez em sua história.

Crédito: Getty Images

 

LONDRES-2012

A segunda glória viria logo na próxima edição do torneio, nos Jogos Olímpicos de Londres-2012. Desta vez, o Brasil não teve a mesma facilidade para se classificar na fase de grupos, onde conseguiu avançar na última rodada, vencendo a Sérvia e graças a vitória dos Estados Unidos sobre a Turquia.

Na primeira fase, a Seleção Brasileira venceu a Turquia, perdeu para os Estados Unidos, perdeu para a Coreia do Sul, depois venceu a China e, por fim, a Sérvia. Posteriormente, na fase de mata-mata, a seleção canarinha enfrentou a Rússia nas quartas de final, outra adversária dura, que havia se classificado em primeiro lugar do grupo A, enquanto o Brasil foi apenas o quarto do grupo B.

A seleção de Sheilla, Jaqueline, Fernanda Garay, Thaísa, entre outras excelentes jogadoras, derrotou as russas por 3 sets a 2 e avançou à semifinal, onde passaria sem dificuldades pelas japonesas, vencendo por 3 sets a 0. Até chegar à final, novamente contra as americanas, contra quem já haviam jogado na fase de grupos e perdido por 3 a 0.

Na decisão, as americanas começaram com tudo e atropelaram as brasileiras no primeiro set, vencendo por 25 a 11. Porém, com muita garra, as meninas do Brasil não abaixaram a cabeça e venceram os três sets seguintes, repetindo o placar da Olimpíada anterior, batendo as americanas por 3 sets a 1 e vencendo o bicampeonato olímpico.

Crédito: Getty Images

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!