Sportbuzz
Olimpíadas / GINÁSTICA ARTÍSTICA

Rebeca Andrade elogia decisão de Simone Biles e fala em maturidade por resultados: “Estava segura de mim”

Brasileira destaca a força da americana em priorizar a saúde mental: “O que eu mais admiro nela é o psicológico que tem”

Redação Publicado em 02/08/2021, às 23h47 - Atualizado às 23h48

Rebeca Andrade elogia decisão de Simone Biles e fala em maturidade por resultados: “Estava segura de mim” - GettyImages
Rebeca Andrade elogia decisão de Simone Biles e fala em maturidade por resultados: “Estava segura de mim” - GettyImages

Com participação histórica na ginástica artística do Brasil em Jogos Olímpicos, Rebeca Andrade encerrou as disputas de Tóquio 2020 com duas medalhas. A brasileira conquistou a prata no individual geral e o ouro no salto, e se tornou a primeira do país a subir ao pódio na modalidade feminina.

Em entrevista coletiva concedida pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) na noite desta segunda-feira, 2 (manhã de terça no Japão), Rebeca falou sobre seu objetivo em Tóquio.

Questionada como lida com o resultado, a ginasta brasileira revelou que viajou ao Japão sem pressão por medalha, e que a meta era voltar para o Brasil feliz. Rebeca destacou que sempre se preocupou em apenas para executar aquilo que treinou.

“Em todos os dias de apresentações, em nenhum momento eu estava nervosa ou ansiosa. Eu estava sempre tranquila e segura de mim, porque eu sei o tanto que eu trabalhei, me doei e o tanto que as pessoas que estão ao meu redor se doaram também para isso. Foi um processo muito tranquilo”, disse Rebeca na coletiva.

“Eu não tive cobrança. Não era obrigada a voltar para casa com uma medalha, assim como também não era obrigada a voltar com duas. Eu, Rebeca, me obrigava a fazer o meu melhor. Antes de vir para o Japão, falei: ‘Eu quero sair de lá mais feliz do que estou e ainda mais grata’. Essa (gratidão) é a sensação que estou tendo. Sou muito grata por tudo que tem acontecido”, acrescentou.

A medalhista olímpica também falou de outra campeã em Jogos Olímpicos: Simone Biles. Rebeca destacou a força da americana em priorizar a saúde mental ao abandonar as finais nos Jogos Olímpicos.

“Na ginástica tudo pode acontecer. Você não sabe o que acontece até fazer. Para ser sincera, eu fiquei muito triste, porque a maneira como ela saiu é muito difícil. Não é um problema físico, não é uma dor nas costas. É psicológico. Não se brinca com a saúde. Ao mesmo tempo que fiquei triste, fiquei feliz porque ela pensou nela em primeiro lugar. Em sempre falei que a coisa que eu mais admirava nela não é a ginástica, mas sim o psicológico que ela tem”, disse Rebeca.

“Os Estados Unidos é um país referência na ginástica, com os melhores atletas, e todos sabem disso. A Simone é uma atleta incrível e nunca vai deixar de ser. Não temos noção do que ela ainda pode fazer. Ela ter se respeitado e pensado nela em primeiro lugar antes de querer levar resultado para qualquer outra pessoa, até mesmo para o país dela, é uma coisa muito admirável e muito difícil, principalmente para uma atleta de alto nível”, completou a brasileira.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por SportBuzz (@sportbuzzbr)

 


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!