Sportbuzz
Olimpíadas / OLIMPÍADAS - JUDÔ

Olimpíadas: Maria Suelen Altheman sofre lesão e desiste de luta no Judô

Nas quartas de final do Judô, Maria Suelen Altheman representou o Brasil nas Olimpíadas

Redação Publicado em 30/07/2021, às 00h53 - Atualizado às 01h00

Nas quartas de final do Judô, Maria Suelen Altheman representou o Brasil nas Olimpíadas - GettyImages
Nas quartas de final do Judô, Maria Suelen Altheman representou o Brasil nas Olimpíadas - GettyImages

Na madrugada desta sexta-feira, 30, Maria Suelen Altheman disputou as quartas de final da categoria peso-pesado do Judô. Esperança de medalha nas Olimpíadas, a brasileira encarou a francesa Romane Dicko.

No início da luta, Maria Suelen Altheman sofreu com as investidas da rival e conseguiu impedir um golpe importante. Porém, a força de Dicko surpreendeu e o Wazari foi aplicado. Na queda, a brasileira sofreu uma lesão no joelho e acabou desistindo do combate.

 

Com a derrota, Maria Suelen Altheman garantiu vaga na repescagem da categoria peso-pesado do Judô. No entanto, a lesão no joelho não permitiu com que a brasileira disputasse a luta na briga pela medalha de bronze.

O anúncio da desistência da judoca foi feito por meio das redes sociais da Confederação Brasileira de Judô, que deu maiores detalhes da lesão sofrida por Maria Suelen Altheman nas Olimpíadas de Tóquio.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por SportBuzz (@sportbuzzbr)

 

OITAVAS!

Na madrugada desta sexta-feira, 30, Maria Suelen Altheman disputou as oitavas de final da categoria peso-pesado do Judô. Esperança de medalha nas Olimpíadas, a brasileira encarou a eslovena Anamari Velensek.

No início do combate, a árbitra aplicou uma punição para cada judoca por falta de combatividade. Na briga pela melhor pegada, Maria Suelen Altheman mostrou muita força e tomou a iniciativa da luta.

Assim, Maria Suelen Altheman conseguiu colocar a eslovena com as costas no solo, mas a arbitragem nada marcou. Após a revisão no VAR, o golpe não foi validado e a luta recomeçou com mais uma punição para Velensek.

Com muito equilíbrio, Maria Suelen Altheman seguiu com muito ímpeto e tentou buscar os golpes a todo momento. Contudo, a revisão do VAR apontou um movimento irregular da eslovena, que passou a cabeça por baixo do braço da brasileira.

Por conta do movimento irregular, Velensk levou a terceira punição. Com isso, Maria Suelen Altheman venceu o confronto e garantiu vaga nas quartas de final do Judô.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!