Sportbuzz
Olimpíadas / OLIMPÍADAS - RESUMO DA MADRUGADA

Dia 11! Saiba todos os resultados do Brasil na madrugada das Olimpíadas!

Brasil conquistou mais duas medalhas nas Olimpíadas durante esta madrugada

Redação Publicado em 03/08/2021, às 07h13

Brasil finaliza o Dia 11 das Olimpíadas - GettyImages
Brasil finaliza o Dia 11 das Olimpíadas - GettyImages

Na madrugada desta terça-feira, 03, as Olimpíadas de Tóquio 2020 deram sequência na realização de diversas modalidades, e o Brasil só teve o que comemorar em mais um dia olímpico, com a conquista de duas medalhas no Dia 11 de disputas.

No entanto, o fuso horário japonês pode ter complicado o acompanhamento dos eventos. Por isso, o SportBuzz preparou um 'Resumo Olímpico – Madrugada' para você que não conseguiu acompanhar os jogos. Confira!

VELA - 49erFX

Pela classe 49erFX da vela, as brasileiras Martine Grael e Kahena Kunze se tornaram bicampeãs olímpicas nesta madrugada! Mostrando uma atuação muito segura, as atletas terminaram na terceira posição, o suficiente para conquistar o segundo pódio olímpico da dupla.

Vale lembrar que elas já tinham conquistado a medalha de ouro nas Olimpíadas Rio, em 2016, pela mesma categoria.

LEIA MAIS: VELA - 49erFX - FEMININO

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por SportBuzz (@sportbuzzbr)

 

ATLETISMO

Alison dos Santos é o nome dele! Na final dos 400m com barreiras, e diante dos melhores nomes da modalidade no mundo, o brasileiro faturou a medalha de bronze com tempo de 46s72. Ela, inclusive, foi a primeira do Brasil na modalidade nesta edição das Olimpíadas.

Além disso, essa foi a prova mais forte da história do atletismo nos 400m com barreira, tendo o norueguês Karsten Warholm, que fez tempo de 45s94, batendo o recorde mundial.

LEIA MAIS: ATLETISMO - 400m COM BARREIRAS - MASCULINO

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por SportBuzz (@sportbuzzbr)

 

GINÁSTICA ARTÍSTICA

Mesmo depois de se lesionar, logo em sua estreia nas Olimpíadas, Flavia Saraiva não só garantiu a classificação para a final na trave, como mesmo não estando 100% participou da final do aparelho.

A brasileira de 21 anos acabou ficando no 7º lugar, com uma nota de 13,133 na prova da trave. Vale lembrar que Simone Biles, que tinha se afastado para cuidar de sua saúde mental, competiu, e ficou o bronze com 14,000 de nota.

LEIA MAIS: GINÁSTICA ARTÍSTICA - TRAVE - FEMININO

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por SportBuzz (@sportbuzzbr)

 

CANOAGEM DE VELOCIDADE

Isaquias Queiroz e Godmann estrearam da melhor forma possível nas Olimpíadas, pela canoagem de velocidade, mas na decisão, não deu para eles, que acabaram ficando fora do pódio na categoria C2 1.000m.

Não mostrando o desempenho que era esperado, a dupla acabou ficando na quarta posição, e sem levar uma medalha para casa. O ouro acabou ficando com os cubanos Fernando Enriquez e Serguey Madrigal, que tiveram tempo de 3min24s995.

LEIA MAIS: CANOAGEM DE VELOCIDADE - MASCULINO

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por SportBuzz (@sportbuzzbr)

 

VÔLEI DE PRAIA

Buscando manter a tradição por medalhas do Brasil nas Olimpíadas, com o vôlei de praia, Ana Patrícia e Rebecca acabaram sendo eliminadas por Vergé-Dépré e Heidrich por sets 2 a 1 nas quartas de final do vôlei.

Tendo parciais de 19/21 e 21/18 e 15/12, a dupla europeia tomou conta da partida nos minutos finais, e não deu chances para as brasileiras. Agora, o vôlei de praia feminino do Brasil não tem mais chances de medalha em Tóquio.

LEIA MAIS: VÔLEI DE PRAIA - FEMININO

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por SportBuzz (@sportbuzzbr)

 

BOXE

Beatriz Ferreira venceu Raykhona Kodirova, do Uzbequistão, por decisão unânime pelas quartas de final do boxe peso leve nas Olimpíadas, e já garantiu a terceira medalha brasileira na modalidade olímpica nesta edição.

Agora com Bia, o Brasil vai ao pódio com Abner Teixeira e Hebert Conceição na semifinal. Se perderem nesta fase, eles levam a medalha de bronze, já que a modalidade não prevê disputa pelo terceiro lugar, mas se vencerem as semifinais, vão brigar pelo ouro.

LEIA MAIS: BOXE 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por SportBuzz (@sportbuzzbr)

 

VÔLEI

Superando o Japão por 3 sets a 0, o Brasil passou para a semifinal do vôlei de quadra masculino, e agora encara o Comitê Olímpico Russo na próxima fase, que inclusive, foi o único time que perdeu durante a fase de grupos.

Com parciais de 25 a 20, 25 a 22 e 25 a 20, o time da casa chegou a aumentar o ritmo no segundo set, mas não conseguiu manter o nível até o fim, e acabou derrotado, e eliminado.

LEIA MAIS: VÔLEI DE QUADRA - MASCULINO

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por SportBuzz (@sportbuzzbr)

 


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!