Sportbuzz
Olimpíadas / GINÁSTICA ARTÍSTICA

Daiane dos Santos se emociona com medalha de prata de Rebeca Andrade e desabafa: "Disseram que não podia ter ginasta negra"

Daiane dos Santos comemorou muito a conquista da medalha de prata de Rebeca Andrade nas Olimpíadas

Redação Publicado em 29/07/2021, às 12h07

Daiane dos Santos se emociona com medalha de prata de Rebeca Andrade - GettyImages
Daiane dos Santos se emociona com medalha de prata de Rebeca Andrade - GettyImages

Histórica, Rebeca Andrade emocionou a todos nesta quinta-feira, 29, ao conquistar a medalha de prata na ginástica artística feminina nas Olimpíadas, e deixou, o grande nome da modalidade brasileira, Daiane dos Santos, extremamente contente com a realização da ginasta.

Desta vez como comentarista do "Grupo Globo" durante as Olimpíadas, Daiane dos Santos se emocionou muito com a medalha de prata da brasileira durante a transmissão. Jade Barbosa e Daniele Hypólito também vibraram muito com a conquista de Rebeca Andrade. 

A reação de Daiane dos Santos é ainda mais emocionante se pensarmos que ela foi a pioneira na ginástica brasileira. A atleta abriu as portas do esporte com a inesquecível série de solo ao som de brasileirinho.

Apesar de toda a sua história no esporte, e representatividade de força e determinação da mulher brasileira, e principalmente negra, Daiane não ganhou nenhuma medalha Olímpica, apesar de ter conseguido a medalha de ouro no solo, pelo Mundial de Ginástica de 2004.

Vendo a primeira mulher a conseguir uma medalha na ginástica artística, Daiane dos Santos foi só emoção na transmissão.

"A primeira medalha (feminina de ginástica) do Brasil em um mundial foi negra e a primeira medalha Olímpica é negra. Isso é muito forte. Durante muito tempo as pessoas diziam que não poderia ter uma ginasta negra. Que as pessoas negras não poderiam praticar certos esportes. E a gente vê hoje a primeira medalha para uma menina negra. Tem uma representatividade muito grande atrás de tudo isso", disse antes de completar.

"Uma menina que veio de uma origem muito humilde, que foi criada por uma mãe solo (...), que aguentou tudo que ela aguentou, todas as lesões e tá aí hoje para ser a segunda melhor atleta do mundo: uma brasileira. A ginástica esperou muito por essa medalha", concluiu a ex-ginasta.

Além dela, a emoção rolou solta com Jade Barbosa e Daniele Hypolito. As duas estavam comentando a prova no "SporTV" e vibravam a cada bom movimento feito por Rebeca. Quando foi decretada a prata, Jade caiu no choro.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!