Sportbuzz
Olimpíadas / OLIMPÍADAS - HIPISMO

Brasil erra em excesso, sente o percurso e fica em sexto lugar na final do hipismo por equipes

Marlon Zanotelli, Yuri Mansur e Pedro Veniss foram os que disputaram a grande final, mas acabaram tendo problemas no percurso

Redação Publicado em 07/08/2021, às 08h42

Brasil fica em sexto no hipismo - Getty Images
Brasil fica em sexto no hipismo - Getty Images

Na manhã deste sábado, 7, foi disputada a final por equipes do hipismo nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Na fase de classificação, o Brasil se classificou em oitavo lugar entre as dez equipes, mesmo tendo 25 pontos deduzidos.

Na eliminatória, Marlon Zanotelli fez um circuito perfeito, não cometeu faltas e, consequentemente, não recebeu pontos de punição. Por outro lado, Pedro Veniss derrubou 14 obstáculos durante o percurso e foi punido recebendo cinco pontos. Rodrigo Pessoa, medalhista de ouro em 2004, em Atenas, foi o que mais teve dificuldades e recebeu 20 pontos de punição.

Ainda assim, os pontos não foram suficientes para tirar o Brasil da disputa da final. Após a classificação, Rodrigo comentou sobre a dificuldade que seu cavalo teve no percurso.

"O Carlitos (cavalo) ficou muito tenso e nervoso na pista, assustado com os obstáculos... Tive que levar ele com firmeza e não foi muito agradável, mas eu tinha que seguir pela equipe e levá-lo até o final. Tenho certeza que nosso chefe de equipe vai voltar a colocar o Yuri (Mansur), que monta um cavalo com mais experiência para poder brigar por uma medalha", comentou ao site da Confederação Brasileira de Hipismo

Na final, o Brasil piorou seu desempenho, e teve 29 pontos deduzidos. Ainda assim, mesmo com a atuação abaixo, os brasileiros conseguiram conquistar o sexto lugar. Se comparado com os últimos Jogos Olímpicos, o Brasil caiu em uma posição, quando conquistou o quinto lugar.

Nesta final, Marlon, que tinha sido perfeito na classificação, acabou cometendo três faltas e recebeu 12 pontos de punição. Yuri Mansur cometeu apenas uma falta e recebeu quatro pontos. No último conjunto, Pedro Veniss se complicou e recebeu 13 pontos de penalidade.

O pódio foi composto por Suécia, Estados Unidos e Bélgica, respectivamente, depois de uma disputa emocionante entre os suecos e os norte-americanos.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!