Sportbuzz
Testeira
Mercado da Bola / SANTOS

Santos formaliza proposta para Rodriguinho, do Bahia

Em fim de contrato com o Bahia, meia Rodriguinho recebe proposta e fica próximo do Santos para 2022. Jogador de 33 anos é um pedido do técnico Fábio Carille

Redação Publicado em 22/12/2021, às 16h45

Santos formaliza proposta para Rodriguinho, do Bahia - GettyImages
Santos formaliza proposta para Rodriguinho, do Bahia - GettyImages

De olho em reforços para a próxima temporada, o Santos mira a contratação do meio-campista Rodriguinho, do Bahia. Nos últimos dias, o Peixe fez uma proposta formal pelo jogador de 33 anos a pedido do técnico Fábio Carille. A informação é do site “Globo Esporte”, que apontou que a negociação está em andamento.

Ainda segundo a publicação, a conversa entre as partes está encaminhada, mas os detalhes comerciais ainda precisam ser definidos. Ex-companheiro de Rodriguinho no Corinthians, em 2015, o ex-jogador Edu Dracena conduz a negociação com o meia do Bahia. O contrato do camisa 10 se encerra no dia 31 de dezembro.

 

Canal SportBuzz:

O jogador trabalhou com Carille no Timão, onde se destacou com o técnico e foi campeão Brasileiro em 2017, além de ter conquistado os títulos do Paulistão de 2017 e 2018. Por indicação do treinador, o meia quase foi contratado pelo Al Wehda, da Arábia Saudita, em 2018.

O jogador fez um bom início de temporada pelo Bahia, mas acabou caindo de rendimento e chegou a ir para o banco de reservas. O Tricolor de Aço caiu para a Série B do Campeonato Brasileiro. Pela equipe. Foram dez gols e oito assistências em 56 jogos, sendo 45 como titular neste ano.

Santos formaliza proposta para Rodriguinho, do Bahia (Crédito: GettyImages)

 

Segundo Marcelo Braga, do “Globo Esporte”, a proposta do Santos agrada Rodriguinho, que recebeu ofertas de outros clubes. O meia de 33 anos soma passagens por Bragantino, América-MG, Corinthians, Grêmio, Al Sharjah, Pyramids, Cruzeiro e Bahia.

Edu Dracena diz que Santos ‘sempre vai ressurgir’

Em entrevista ao “GE”, o ex-capitão Edu Dracena destacou que o Santos é um clube grande e que “sempre vai ressurgir”. O atual dirigente afirmou que o Peixe voltará a ser uma potência se conseguir ‘se organizar 50%’ e falou da necessidade de se profissionalizar. Dracena ergueu a taça do tricampeonato da Libertadores, em 2011.

“O Santos passou por momentos difíceis depois da minha época (como jogador). Mas o Santos sempre vai ressurgir. É um time grande, mas que não tem tanta pressão como os outros times. O jogador se sente à vontade. Não sei se é a cidade, o ambiente, mas é diferente para jogar e trabalhar”, disse o executivo de futebol.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!