Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira

Renato Gaúcho e dirigente do Grêmio perdem a paciência com empresário de Pepê: "Deveria pensar com inteligência"

Treinador e Paulo Luz não gostaram da postura de Adriano Spadotto em relação a ida do atleta ao Porto

Redação Publicado em 07/01/2021, às 07h33 - Atualizado às 08h27

Renato Gaúcho em ação pelo Grêmio
Renato Gaúcho em ação pelo Grêmio - GettyImages

Na última quarta-feira, 6, o Grêmio teve dificuldades, mas conseguiu sair com uma vitória importante sobre o Bahia. Com o resultado, o time acabou entrando no G-4 e conseguindo se manter vivo na luta pelo título do Campeonato Brasileiro

Mesmo com o bom momento vivido, Renato Gaúcho não parece feliz com alguns assuntos relacionados a Pepê. O que mais incomoda o treinador são os rumores sobre uma possível oferta do Porto pelo seu principal jogador e a postura do empresário Adriano Spadotto em relação ao tema. 

Em entrevista coletiva, Portaluppi indicou certa falta de inteligência do representante do atleta nesse momento de indecisão na carreira de Pepê. De acordo com o comandante gremista, esse não é o período certo para negócios, pois o Tricolor se encontra em reta final de temporada. 

 "É lógico que a gente conta com o Pepê. Ele tem contrato com o Grêmio. O próprio empresário do jogador, numa hora dessas, deveria pensar com um pouco mais de inteligência. Sendo campeão, é valorizado. As pessoas acham que os negócios têm que sair da noite para o dia. Esses empresários têm se aproveitado muito dos clubes ultimamente", disse. 

Ele ainda seguiu criticando e pedindo calma na negociação do atleta. Renato Gaúcho se mostrou totalmente a favor da permanência de seu principal jogador de ataque para as decisões da Copa do Brasil, que ocorrem nos dias 3 e 10 de fevereiro. 

"Muita calma nessas horas. Ah, porque fulano ligou para ele, esse está interessado. O apressado come cru. Daqui a pouco os empresários ficam botando minhoca, essa é a verdade. Aí o jogador não está aqui e é desvalorizado lá fora", afirmou. 

Vale ressaltar que toda essa determinação do Porto para levar Pepê se deve, pois a janela fecha no dia 5 de fevereiro. Em caso dde transferência, o atacante perderia a partida de volta da decisão da Copa do Brasil. 

Para tentar convencê-lo de ir para Portugal, os lusitano tem utilizado de ligações de Deco para falar um pouco mais sobre a cidade. Essa postura do Porto, tem indomodado Paulo Luz e o vice-presidente de futebol do Grêmio, perdeu a paciência com os rivais europeus. 

"A cada momento de abertura de janela, acontece, é normal, mas claro que nos preocupa. Pepê é uma peça fundamental. Então, seu estado anímico, sua condição emocional é fundamental para nós e para ele também", indagou depois da vitória sobre o Bahia.

Ele ainda concluiu: "Temos que ter muita tranquilidade neste momento, muita serenidade. Primeiro, esses atletas têm contrato em vigor com o Grêmio por um prazo longevo. Segundo, o que está havendo no momento é muita conversa. Até diria assim: muita conversa fiada. Porque não há nada de proposta formal, oficial".


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!