Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Mercado da Bola » SERÁ?

Reforço para Sampaoli? Novo presidente do Atlético-MG quer chegada de camisa 10 ao Galo

Sergio Coelho não pretende parar com as contratações e quer atletas de nome no Atlético

Redação Publicado em 18/12/2020, às 14h58 - Atualizado às 15h49

Sampaoli em ação
Sampaoli em ação - GettyImages

Caso Jorge Sampaoli permaneça no comando do Atlético Mineiro, o treinador deve receber alguns reforços importantes para o time em 2021. Pelo menos é o que afirmou o novo presidente do clube, em entrevista para o Superesportes, nesta quinta-feira, 17. 

De acordo com Sérgio Coelho, um camisa 10 seria de grande ajuda para a próxima temporada. Além disso, o dirigente também garantiu que não vai fazer muitas contratações, apenas pontuais para deixar o elenco ainda mais forte e também competitivo. 

"Eu gosto muito dessas duas funções, sabe? Eu gosto muito de um centroavante. Talvez, um centroavante hoje mais moderno. E um 10 faz uma grande diferença. Importante a gente achar esse jogador. Quando achar, trazer. Mas são contratações pontuais. Não é mais contratar 12, 15. E todos esses que vieram foram muito bem comprados, e o Atlético vai ter resultado financeiro com eles”, disse. 

O novo presidente, também comentou sobre a importância do Atlético se manter entre os principais clubes do Brasil nos próximos anos. O cartola não quer deixar o clube para trás e prometeu sempre um elenco competitivo para buscar bons resultados. 

"É o nosso objetivo. Nós entramos nesse trabalho, de ter essa vontade, de ter o time cada ano melhor, em cada campeonato, é o nosso propósito. Já estamos trabalhando uns possíveis nomes para reforçar o time. Não é fácil contratar. Pretendemos melhorar aquilo que já temos hoje, que é muito bom, no meu entendimento. Equipare esse time nosso com o do ano passado. Não dá para comparar”, afirmou. 

Mesmo com a promessa de montar um elenco forte para os próximos anos, Sérgio Coelho fez questão de não garantir títulos, pois essa meta está fora de seu alcance.

"Eu não tenho a menor condição de prometer título. Posso prometer o seguinte: eu vou trabalhar incansavelmente atrás desses títulos. Tudo que pudermos fazer, faremos para que os títulos venham. Posso prometer que todos os campeonatos que a gente entrar, vamos entrar para sermos protagonistas, para disputar ‘pau a pau’. O fato de ser campeão ou não, é coisa de pequenos detalhes”, completou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!