Sportbuzz
Testeira
Mercado da Bola / DEU RUIM!

Caso encerrado! New York City crava que não vai liberar Castellanos para assinar com o Palmeiras

New York City decidiu segurar Castellanos e não vendê-lo para o Palmeiras agora

Redação Publicado em 06/05/2021, às 07h58

New York City não vai liberar Castellanos ao Palmeiras - GettyImages
New York City não vai liberar Castellanos ao Palmeiras - GettyImages
O interesse do Palmeiras na contratação do atacante Valentín Castellanos está sendo cada vez mais perdido por conta das decisões tomadas pelo New York City, time em que o jogador defende atualmente. Isso porque o clube norte-americano cravou que não vai vendê-lo agora.
 
O jogador é titular absoluto da equipe e considerado um dos principais nomes do time. Ele fez três gols nas três primeiras rodadas da MLS e sem um substituto à altura, o clube decidiu segurá-lo em seu elenco, finalizando as negociações.
 
Além disso, o Palmeiras já havia acertado toda a parte financeira da operação com o grupo City, que gere o time e topou receber o valor da venda a partir de 2022, de forma parcelada.
 
Castellanos também aceitou a proposta financeira do Palmeiras e chegou a pedir para não atuar mais pelo New York City para poder acertar sua ida ao Verdão. Ele receberia um salário maior no Brasil e via a transferência como uma grande oportunidade na carreira.
 
 
No entanto, para concretizar o negócio era necessário que o clube norte-americano concordasse com a liberação, o que acabou não acontecendo. Preocupado com a parte tática, decidiu segurar o jogador.
 
Com essa desistência, agora o Palmeiras segue na busca de um nome para reforçar o setor ofensivo, a pedido do técnico Abel Ferreira.
 
A tendência é manter a procura por jogadores que se encaixem no perfil definido pelo clube, de atletas jovens, de qualidade, com potencial de desenvolvimento e possibilidade de uma futura venda para o exterior.
 
Além de continuar no mercado em busca de reforços, o clube Alviverde aguarda a decisão do Al Duhail, do Catar, que tem até o dia 15 para exercer o direito de compra do atacante Dudu. Caso isso não aconteça, ele volta a fazer parte do elenco do Palmeiras em julho, quando acaba o empréstimo.
 

Treinador já havia indicado o fim do negócio

 
O técnico da equipe americana cravou a permanência do jogador, que já havia manifestado o desejo se vestir a camisa Alviverde.
 
Em entrevista coletiva realizada na quinta-feira, 29, Ronnie Deila, treinador do New York City, confirmou que o centroavante permanecerá no clube norte-americano, frustrando o time paulista na negociação.
 
"Castellanos não vai sair daqui. Ele ficará. É muito importante para nós e ficará por aqui por muitos anos", disse brevemente o treinador.
 
Castellanos chegou a pedir para não vestir mais a camisa do New York, mas o clube já mostrou aí que faria jogo duro para liberá-lo. De acordo com informações do site "ESPN", o Palmeiras já pronta uma proposta de US$ 4 milhões, cerca de R$ 22,2 milhões para oferecer ao clube.
 
No entanto, o valor ou a vontade de Castellanos não mexem com os planos do New York. O time americano entende que só conta com o argentino para a função de atacante, já que o brasileiro Heber ainda se recupera de uma lesão grave no joelho e não tem data prevista para retornar.
 
"O New York City FC não está surpreso por ter recebido uma boa oferta pelo jogador nessa janela, mas ele não será vendido", disse uma fonte para a "ESPN".
 
"Eles [dirigentes] consideram Castellanos um importante jogador para o time. Precisam dele e vão segurá-lo", completou.
 
O clube havia dito, inclusive, que só não tinha liberado o jogador ainda porque quer encontrar u bom nome para substituí-lo na posição e assim, não ficar desfalcado com sua saída.
 
Na quarta colocação da Conferência Leste da MLS, o New York City soma uma vitória e uma derrota neste início de competição. 

 
 
 
 
 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!