Sportbuzz
Testeira
Mercado da Bola / ELE CONTINUA!

Mesmo sob pressão, diretoria do São Paulo banca a permanência de Crespo como treinador; saiba mais!

Por conta dos recentes resultados do São Paulo nas competições, a torcida está pedindo pela saída de Crespo

Redação Publicado em 04/10/2021, às 13h59

Hernán Crespo, treinador do São Paulo - GettyImages
Hernán Crespo, treinador do São Paulo - GettyImages

Depois de empatar com a Chapecoense neste domingo, 3, Hernán Crespo está vivendo um dos momentos de mais pressão sob o comando do São Paulo. No entanto, apesar disso, a diretoria do Tricolor está bancando a permanência dele no cargo de treinador, segundo o site "ESPN".

A publicação destaca que após o empate, Crespo se reuniu com a diretoria do São Paulo para discutir quais seriam os próximos passos do time na temporada. Nesse encontro participaram o presidente Júlio Casares, o diretor Carlos Belmonte, o executivo Rui Costa e o coordenador Muricy Ramalho.

A possibilidade de demissão de Hernán Crespo esteve sob avaliação durante o encontro, mas a decisão final foi pela manutenção do treinador no comando.

Dessa forma, já nesta segunda-feira, 4, Crespo comandou o treino do São Paulo no CT da Barra Funda para os jogadores que não jogaram, ou atuaram menos de 45 minutos contra a Chapecoense no final de semana.

Inclusive, vale lembrar que ainda no domingo, a Independente, principal torcida organizada do São Paulo, se manifestou através de nota oficial dizendo ser contrária à demissão de Crespo.

"Mandar Crespo (embora) agora? Chega quem? Se chegar o Guardiola, correm meio ano e param também, até o dinheiro estar na conta, até voltarem a mandar em técnico e dirigente", escreveu a torcida.

Ocupando a 13ª posição do Brasileirão, com 28 pontos somados até aqui, o São Paulo volta a campo na próxima quinta-feira, 7, às 18h30 (horário de Brasília), no Morumbi, para um confronto diante do Santos, que é o 16º colocado, com 24 pontos.

Com Crespo no comando, no primeiro semestre, o São Paulo acabou com o jejum de título ao conquistar o Campeonato Paulista. No entanto, depois disso acumulou eliminações na Libertadores, para o rival Palmeiras, e na Copa do Brasil, para o Fortaleza.

O que passou a pesar pela saída do treinador foi o início ruim no Brasileirão.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!