Sportbuzz
Testeira
Mercado da Bola / DE SAÍDA!

Jornal francês vaza barca de saída do PSG; confira os nomes!

PSG precisa vender mais de R$ 600 milhões em jogadores para poder se adequar ao fair play financeiro da Uefa, sendo que a janela de transferências abre somente em janeiro de 2022

Redação Publicado em 25/12/2021, às 18h15 - Atualizado em 28/12/2021, às 15h06

Jogadores do PSG em campo reunidos - GettyImages
Jogadores do PSG em campo reunidos - GettyImages

Neste sábado, 25, o jornal francês "L'Équipe" vazou a barca de saída que a diretoria do PSG estaria preparando para a próxima janela de transferências, que se abre na Europa somente em janeiro de 2022. Essa dispensa é quase que inevitável, ainda mais que o clube precisa se adequar ao fair play financeiro da Uefa.

A publicação diz que para se encaixar nos padrões pretendidos pela entidade, a equipe parisiense precisa arrecadar pelo menos 100 milhões de euros, algo em torno de R$ 643 milhões somente com as vendas de atletas nas janelas de inverno e verão do ano que vem, no caso em janeiro e junho de 2022. 

 

Canal - SportBuzz

No entanto, caso a equipe parisiense não consiga levantar esse valor mesmo após as tentativas de venda, o déficit terá que ser coberto pela QSI (Qatar Sports Investments), que é a dona do clube francês, para que a situação financeira fique regularizada com a entidade que rege o futebol europeu.

Nessa barca de dispensas está brasileiro Rafinha, que tem contrato com a equipe válido até 2023. Ele já tem praticamente tudo certo para ser emprestado ao Real Sociedad até o final da atual temporada, e a esperança do PSG é que depois a equipe realize a compra do jogador. Além disso, os franceses vão economizar com o pagamento dos salários do armador.

O goleiro espanhol Sergio Rico, quase acabou sendo irrelevante no elenco depois da chegada de Gianluigi Donnarumma é outro que está praticamente com o pé para fora. O time francês estaria disposto a ouvir qualquer proposta pelo jogador, desde que seja de compra em definitivo. Julian Draxler é quem tem a situação mais complicada.

Sergio Rico, goleiro do PSG (Crédito: GettyImages)

 

Isso porque ele tem contrato válido com os parisienses até 2024, e de acordo com o "L'Équipe", quer ficar no time e lutar por vaga, mas o PSG quer se livrar do salário anual de 4,2 milhões de euros, cerca de R$ 27 milhões, e espera por uma oferta na casa dos 20 milhões de euros, em torno de R$ 128,51 milhões para negociar o alemão.

O lateral-esquerdo Layvin Kurzawa é mais um com contrato válido até 2024 e de quem o Paris quer abrir mão o mais rápido possível pelo seu alto salário, assim como o alemão Thilo Kehrer e o francês Abdou Diallo. Fechando a lista de saídas está Mauro Icardi, que tem 28 anos e contrato até 2024. O valor gasto por ele não foi revertido em campo, e a diretoria quer mudar.

Como fica Mbappé?

Que o Real Madrid quer contratar Mbappé isso é mais do que nítido. No entanto, a equipe merengue precisa notificar o PSG sobre essa intenção de forma oficial. De acordo com o artigo 18 do Regulamente e Estatuto de Transferência de Jogadores da Fifa, os parisienses precisam saber quando as conversas entre o jogador e o clube espanhol começarem.

QUANDO PSG VOLTA A CAMPO?

O PSG volta a campo apenas na segunda-feira, 3, contra o Vannes, pelo Copa da França. Para a partida, Pochettino ainda não poderá contar com Neymar, que só deve retornar no final de janeiro e começo de fevereiro. A tendência é de que Messi e Mbappé joguem no primeiro jogo da equipe francesa em 2022. 

A PRIMEIRA SAÍDA!

Rafinha (28) foi o primeiro jogador a sair do Paris Saint-Germain. Com pouco espaço desde a última temporada, o meio-campista teve seu empréstimo confirmado à Real Sociedad, da Espanha. O acordo é válido até junho de 2022 e foi revelado através das redes sociais da equipe francesa.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!