Sportbuzz
Testeira
Mercado da Bola / SERÁ?

Jorge Jesus abre o jogo sobre retorno ao Flamengo e define data

Jorge Jesus contou que existe um prazo para que ele possa resolver a sua vida e saber se vai ou não voltar para o comando do Flamengo de vez

Redação Publicado em 05/05/2022, às 10h29

Jorge Jesus, ex-treinador do Flamengo - GettyImages
Jorge Jesus, ex-treinador do Flamengo - GettyImages

Jorge Jesus está curtindo o Rio de Janeiro nas últimas semanas. Sempre com carinho com o Flamengo, o comandante assistiu ao confronto da equipe diante do Talleres pela Libertadores nesta quarta-feira, 4, junto de alguns amigos na Zona Sul da cidade. Com uma atuação quase que irreconhecível, o português fez uma revelação ao jornalista Renato Mauricio Prado, do portal "UOL".

O profissional do veículo esportivo contou que perguntou ao Mister sobre a possibilidade de seu retorno ao Flamengo, com a resposta surpreendendo por conta da sinceridade e contundência do português. "Quero voltar, sim. Mas não depende só de mim. Posso esperar até pelo menos o dia 20. Depois disso, tenho que decidir minha vida", contou Jorge Jesus.

 

Canal - SportBuzz

Apesar de sempre mostrar que gosta muito do clube carioca, enquanto a bola rolava pela Libertadores, o Mister confessou ao jornalista que atualmente não costuma, e nem gosta muito de acompanhar os compromissos do Flamengo ao vivo. A preferência do treinador é assistir somente às reprises, e já sabendo do resultado.

"Esse time ainda mexe comigo. Me incomoda vê-lo em dificuldades. Tenho certeza de que se eu tivesse continuado teríamos conseguido uma longa hegemonia por aqui. Estávamos bem à frente dos demais", contou Jesus em uma espécie de declaração ao clube carioca. Inclusive, ele revelou o motivo pelo qual não continuou no comando depois de renovar o contrato.

Jorge Jesus pode substituir Paulo Sousa no Flamengo
Jorge Jesus pode substituir Paulo Sousa no Flamengo (Crédito: GettyImages)

 

"A pandemia me afetou demais. Foi algo absolutamente inesperado e devastador. Fiquei completamente só. Um funcionário deixava a comida na soleira da porta do meu apartamento e saía correndo. Parecia que eu estava vivendo num leprosário. Era muito difícil. Por isso, quando surgiu o convite do presidente do Benfica, um velho amigo, aquela me pareceu a melhor opção. Inclusive para voltar a viver perto da minha família", disse.

Se mostrando como um bom torcedor do Rubro-Negro, Jorge Jesus contou que no início do confronto diante do Talleres estava esperançoso por uma vitória. "Os quatro avançados (Éverton Ribeiro, Arrascaeta, Gabigol e Bruno Henrique) estão jogando mais ou menos como no meu tempo. E quando todos eles estão bem, o time funciona. Mas basta um estar mal, ou não jogar, que as coisas já não fluem", comentou.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!