Sportbuzz
Testeira
Mercado da Bola / EITA!

Grêmio: Elkeson revela negativa para oferta de rival do Botafogo

Elkeson acertou sua chegada ao Grêmio, mas contou que recebeu diversas ofertas e uma delas foi de um rival do Botafogo; confira o que ele disse!

Redação Publicado em 13/04/2022, às 16h43

Elkeson abre o jogo sobre chegada ao Grêmio e oferta de rival do Botafogo - Lucas Uebel / Grêmio
Elkeson abre o jogo sobre chegada ao Grêmio e oferta de rival do Botafogo - Lucas Uebel / Grêmio

Nesta quarta-feira, 13, o Grêmio apresentou Elkeson e ele falou sobre não ter ido ao Botafogo para a temporada de 2022. Com grande história no Glorioso, o seu nome esteve sempre diretamente ligado ao time carioca, mas não chegou a receber uma oferta oficial. Mesmo assim, teve um rival direto do alvinegro que sonhou com a sua contratação. 

Em entrevista coletiva, Elkeson contou que um adversário das mesma cidade que o Botafogo chegou a fazer uma proposta pelo seu futebol. No entanto, o atual atacante do Grêmio, optou por não aceitar e seguiu livre no mercado. Após um longo período de indefinição no mercado, ele decidiu o seu futuro na última semana e acertou vínculo até o final desta temporada de 2022 com o Tricolor. 

 

CANAL - SPORTBUZZ:

Quando eu cheguei no Brasil tive diversas sondagens, nenhuma proposta oficial. Naquele momento disse não a vários clubes principalmente a um que é rival de um time de quando eu saí do Brasil. Eu disse não por respeito a esse clube que eu passei, que é o Botafogo. Por respeito a ele disse não a outros clubes", afirmou.

O acerto de Elkeson com o Grêmio e o retorno ao Brasil não foi motivado apenas pelo desejo em voltar para a sua terra natal, mas também por uma certa pressão. A mãe do atacante, de acordo com o novo reforço do Tricolor, já estava preocupada com a possibilidade do filho não retornar ao território brasileiro e isso pesou para que aceitasse a oferta da equipe gaúcha. 

Suárez em ação
Elkeson foi apresentado pelo Grêmio nesta quarta-feira, 13, e falou sobre o Botafogo (Crédito: Lucas Uebel/Grêmio)

"Minha mãe também ficou muito tempo sem me ver atuar e ela me cobrou isso, por ficar muito tempo fora do país, a dificuldade de acompanhar os jogos. Espero que o torcedor tenha um pouco de calma, porque sou muito profissional e vou treinar bastante para o mais rápido possível exercer a função que o Roger me pedir", completou o novo atacante do Grêmio. 


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!