Sportbuzz
Testeira
Mercado da Bola / EITA!

Grêmio: Al Ain não desiste Ferreirinha e faz oferta de R$90 milhões

Ferreirinha pode estar de saída do Grêmio e se aproxima de acerto com Al Ain

Redação Publicado em 31/07/2021, às 09h32 - Atualizado às 09h41

Ferrerinha está perto de trocar o Grêmio pelo Al Ain - GettyImages
Ferrerinha está perto de trocar o Grêmio pelo Al Ain - GettyImages

Num primeiro momento, o Grêmio recusou a investida do Al Ain pela compra de Ferreirinha, que tem sido o grande destaque do Tricolor na temporada. No entanto, parece que esse cenário mudou, após uma nova tentativa do time árabe em contratar o jovem atacante gremista. 

De acordo com informações divulgadas pelo site "ESPN Brasil", o Al Ain ofereceu quatro milhões de euros pelo empréstimo de uma temporada de Ferreirinha e também firmou uma cláusula contratual de 11 milhões de euros pela compra do atacante depois desse período. Somando todos os valores envolvendo a oferta, o Grêmio receberia cerca de 90 milhões de reais. 

Com a ampliação da oferta, o Tricolor ficou ainda mais diposto a negociar Ferreirinha. O valor está acima de sua multa recisória para a Europa e faz com que o time gaúcho pense seriamente em negociar sua joia. O atacante tem 11 gols na temporada e fez 30 jogos pelo Grêmio em 2021, além disso está se recuperando de uma lesão no joelho. 

GRÊMIO QUER ATACANTE!

O Grêmio está em busca da contratação de mais um centroavante para o elenco de Felipão, que já conta com Diego Souza e Ricardinho. O Tricolor tentou a chegada de Luiz Adriano, mas o Palmeiras fez jogo duro. No entanto, no elenco do Verdão, a equipe gaúcha visualiza uma outra grande oportunidade para reforçar o seu ataque. 

 

De acordo com informações do site "Globo Esporte", Miguel Borja é o novo alvo do Grêmio. O Tricolor, inclusive, fez uma consulta ao Palmeiras para saber mais em relação as condições de um possível negócio envolvendo o colombiano. O centroavante retornou ao Palestra neste mês de julho, após se destacar na Copa América e não ter seu passe comprado pelo Junior Barranquilla.

Segundo a publicação, a ideia do time de Felipão, que não teve sucesso com a contratação de Luiz Adriano, é fechar o empréstimo de Borja até o final de 2022. Além disso, o Palmeiras teria pedido uma quantia a ser paga, 100% dos salários sendo pagos pelo Grêmio e também a extensão contratual do atacante. 

O Tricolor, por sinal, não viu essas condições como um empecilho e garantiu ao Palmeiras que aceita pagar a integralidade salarial do centroavante e também pagar cerca de seis milhões de reais pelo empréstimo do colombiano até o fim de 2022. Desta forma, Miguel Borja teria de renovar o seu vínculo com o Verdão por mais 18 meses. 

Além disso, outra condição imposta pelo Palmeiras foi a liberação imediata do jogador em caso de uma oferta de transferência durante esse perído. Necessitando de um goleador no time, o Grêmio também não se opôs a esse obstáculo e se mostrou favorável a esse termo imposto pelo Palestra para que a negociação se realize.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!