Sportbuzz
Testeira
Mercado da Bola / SERÁ?

Depois de "bater e voltar" na Arábia Saudita, Paulinho só poderá assinar com o Corinthians em 2022; saiba mais!

Paulinho disputou apenas quatro jogos pelo Al-Ahli antes de rescindir seu contrato, e o Corinthians volta a ficar de olho

Redação Publicado em 20/09/2021, às 08h40

Paulinho com a camisa do Corinthians na época em que defendia o clube, correndo - GettyImages
Paulinho com a camisa do Corinthians na época em que defendia o clube, correndo - GettyImages

O torcedor do Corinthians pode voltar a sonhar em ver Paulinho novamente defendendo o clube Alvinegro! Dois meses depois de ser anunciado como reforço do Al-Ahli, ele rescindiu seu contrato com o clube da Arábia Saudita neste sábado, 18, e está livre no Mercado da Bola.

Esse acontecimento pegou a todos de surpresa, entre o jogador, seus representantes e a diretoria do Corinthians. No entanto, apesar de estar livre, e de volta ao radar do Timão, ele só poderia voltar ao clube em 2022, já que a janela de transferências está fechada no momento.

Inclusive, o Corinthians sabe das condições para contratar o jogador, já que negociou com ele há pouco tempo. Mesmo que ainda esteja enfrentando dificuldades financeiras, e que tenha aumentado a folha salarial com as recentes contratações, Paulinho ainda sim é alvo.

A ideia do clube é repatriar o ídolo, mas para que isso aconteça, a classificação para a Libertadores do ano que vem é vista como fundamental pela diretoria. Apesar disso, segundo o site "Globo Esporte", não há pressa na negociação por ambas as partes.

Quando estava negociando com o Corinthians, Paulinho ainda foi procurado por Bragantino e Grêmio, e na época ressaltou o carinho pelo Corinthians, mas contou que precisava levar outros fatores em consideração.

"'Ah, você aceita reduzir seus vencimentos para jogar no Corinthians?'. Cara, não é isso. Primeiro tem que ver o que é bom para mim e para minha família. Sempre foi muito claro: se é no Corinthians, se é em outro clube, se é na Europa, não sei onde, eu tenho que ver se é bom para nós", disse Paulinho em entrevista ao programa "Esporte Espetacular", em julho.

Apesar de estar livre, o motivo da rescisão contratual de Paulinho com o Al-Ahli não foi detalhado. O jogador ainda não publicou nada em suas redes sociais, e o clube somente informou que o rompimento foi feito em consenso.

"O encerramento do contrato de Paulinho vem em meio a circunstâncias emergenciais, que refletiram na performance dele em campo nas últimas rodadas. Ele falou com a diretoria do clube recentemente, expressando a inabilidade para oferecer o incremento desejado ao time", explicou o time.

Já segundo informações apuradas pelo site "Globo Esporte", Paulinho não teria gostado das condições na Arábia Saudita e teve dificuldades na adaptação ao país e ao futebol local. Ele ainda não teria recebido algumas condições prometidas no momento da contratação.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!