Sportbuzz
Testeira
Mercado da Bola / EITA!

E agora, Corinthians? Shandong Taishan faz jogo duro para liberar Roger Guedes

Roger Guedes busca rescisão com o Shandong Taishan para acertar contrato com o Corinthians

Redação Publicado em 29/07/2021, às 17h59 - Atualizado às 18h17

Roger Guedes interessa ao Corinthians, mas Shandong Taishan dificulta rescisão - GettyImages
Roger Guedes interessa ao Corinthians, mas Shandong Taishan dificulta rescisão - GettyImages

Roger Guedes é uma das grandes novelas do futebol brasileiro nesta temporada. O atacante, que está impossibilitado de atuar na China devido aos protocolos sanitários adotados pelo país contra a Covid-19, busca uma rescisão contratual com o Shandong Taishan e o Corinthians monitora a situação de perto para fechar a contratação do atleta. 

 

De acordo com informações do "Uol Esporte", a tendência é de que a novela Roger Guedes ainda tenha longos capítulos nos próximos dias. Isso porque, o Shandong Taishan não está querendo rescindir o atacante de uma maneira tão fácil. Segundo a publicação, o time chinês sabe do interesse do Corinthians no jogador e só quer liberá-lo caso haja um retorno financeiro. 

Ou seja, numa atitude muito comum no mundo do futebol, o Shandong Taishan estaria interessado em encontrar um clube que aceite o compromisso de pagar o restante do contrato de Roger Guedes com a equipe chinesa. Os valores salarias do atacante são mantidos em sigilo, mas por ter um contrato longo com o time, o Corinthians teria de desembolsar uma alta quantia.

Mas se for para o Timão tirar valores milionários dos seus cofres, a tendência é de que o negócio com Roger Guedes não saía. O clube vem buscando economizar com a saída de jogadores com altos salários e, apesar do alívio nas contas neste primeiro semestre, o Corinthians não possui condições de fazer um investimento de tal tamanho nesta temporada. 

A situação de Roger Guedes é bem diferente se comparada com a de Renato Augusto, que deixou o Beijing Guoan com uma rescisão contratual considerada alta. A diferença é que o meia não estava recebendo seus salários, enquanto o atacante do Shandong Taishan está com os seus vencimentos em dia e com um longo contrato, até a metade de 2022.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!