Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz

Chelsea: recusa de Tuchel por Cristiano Ronaldo é revelada por jornal

Treinador do Chelsea não aceitou a compra de Cristiano Ronaldo pela equipe inglesa mesmo depois de conversar com o empresário do jogador e dirigentes

Redação Publicado em 15/07/2022, às 12h23

Chelsea recusa contratar Cristiano Ronaldo - GettyImages
Chelsea recusa contratar Cristiano Ronaldo - GettyImages

O Chelsea não aceitou a contratação de Cristiano Ronaldo, que já deixou bem claro que não quer continuar no elenco do Manchester United. Segundo as informações do jornal inglês "Daily Mail", o craque português não vai vestir a camisa dos Blues na próxima temporada, e muito disso tem relação com a decisão que foi tomada pelo técnico Thomas Tuchel.

O veículo inglês destaca que a fala final sobre não contratar o astro português foi dada depois de uma reunião entre o técnico Thomas Tuchel e Todd Boehly, novo dono do clube londrino. O empresário até tinha o objetivo de contratar o jogador, chegando até mesmo a se encontrar com Jorge Mendes, agente de Cristiano Ronaldo, em Portugal.

Canal - SportBuzz

No entanto, o treinador do Chelsea possui um pensamento bem firme sobre esse assunto, entendendo que este não é o momento para montar um plano de jogo voltado totalmente para o atacante de 37 anos. Tuchel acredita que a chegada de Raheem Sterling proporciona as mesmas características que ele está buscando, além de ele se encaixar melhor no time.

Recentemente, Cristiano Ronaldo chegou a entrar em contato com o Manchester United para informar a sua vontade de deixar o clube. A não classificação da equipe para a Champions League é um dos principais fatores que fizeram com que o craque tomasse tal decisão. Nesse meio tempo, o PSG apareceu como opção, mas também rejeitou o português.

Chelsea recusa compra de Cristiano Ronaldo após opinião de Tuchel
Chelsea recusa compra de Cristiano Ronaldo após opinião de Tuchel (Crédito: GettyImages)

Deixando os clubes badalados de lado, outra possibilidade que teria pintado para o jogador veio da Arábia Saudita. De acordo com a emissora "CNN", um clube do Oriente Médio, que não teve o nome revelado, chegou a oferecer 300 milhões de euros, cerca de R$ 1,6 bilhão, pela cotação atual, para tentar tirá-lo da Inglaterra, mas Cristiano Ronaldo não aceitou.

A ideia era oferecer esse valor para o Manchester United junto com um contrato de dois anos para Cristiano Ronaldo. Neste período em que o atacante fosse defender as cores do time árabe, CR7 receberia algo em torno de 250 milhões, o que aumentaria ainda mais a fortuna de um dos maiores jogadores da atualidade. 


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!