Sportbuzz
Testeira
Mercado da Bola / FIM DA LINHA!

Bahia anuncia a demissão de Dado Cavalcanti do comando do clube; saiba mais!

Dado Cavalcanti assumiu o Bahia em dezembro de 2020, e realizou 51 jogos, com 21 vitórias, 11 empates e 19 derrotas

Redação Publicado em 17/08/2021, às 10h51

Dado Cavalcanti, então treinador do Bahia - GettyImages
Dado Cavalcanti, então treinador do Bahia - GettyImages

Nesta terça-feira, 17, o Bahia anunciou que Dado Cavalcanti não é mais o treinador do clube. No comunicado, o Tricolor não deixa claro se houve uma demissão, ou um acordo envolvendo ambas as partes pela saída do técnico, que assumiu em 2020.

Essa dúvida do motivo pelo qual Dado Cavalcanti saiu do Bahia se deu porque de acordo com a nova regra da Série A, o clube que demitir dois treinadores não poderá contratar um terceiro na mesma temporada, e dessa forma, o Tricolor não poderia repor com uma nova contratação.

No entanto, sabe-se que Dado deixa o comando do Bahia depois de 51 jogos, com 21 vitórias conquistadas, 11 empates e 19 derrotas, somando um aproveitamento de 48,3%.

O treinador assumiu o comando do Bahia em dezembro de 2020, substituindo o técnico Mano Menezes. Na época, ele conseguiu livrar o Tricolor do rebaixamento, e pelos bons resultados, acabou renovando o vínculo.

Já em 2021, Dado conquistou o título da Copa do Nordeste, caiu na primeira fase da Sul-Americana, e nas oitavas da Copa do Brasil para o Atlético-MG.

Pelo Brasileirão Série A, Dado teve um bom início, mas o Tricolor acabou caindo de rendimento nas rodadas seguintes. Desde que começou a disputa, pela primeira vez passou a estar fora do Top-10 na classificação.

Confira o comunicado divulgado pelo Bahia sobre a saída de Dado Cavalcanti:

"O Esporte Clube Bahia comunica que Dado Cavalcanti não é mais o treinador do Esquadrão. O profissional, que assumiu o comando da equipe principal no último mês de dezembro, conduziu a reação tricolor no Brasileirão 2020 e a conquista da Copa do Nordeste 2021.

Em 51 jogos ao longo de oito meses, venceu 21, empatou 11 e perdeu 19, além de 81 gols marcados e 61 sofridos. Junto com ele, deixam o time os auxiliares Pedro Gama e Dito Wolley.

O trabalho desta terça-feira (17) será dirigido pelo português Bruno Lopes, técnico do Time de Transição. Enquanto a diretoria define o substituto de Dado, o elenco sub-23 será liderado por Eduardo Guadagnucci, do sub-20.

A passagem do pernambucano no clube seria ainda maior não fosse a pandemia. Entre abril de 2019 e março de 2020, quando se iniciaram os efeitos do novo coronavírus, Dado levou a equipe para a semifinal do Campeonato Brasileiro de Aspirantes e para o título do Campeonato Baiano, o qual esteve em mais da metade da campanha.

Agradecemos os ótimos serviços prestados e desejamos grande sorte em seus novos desafios".


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!