Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Mercado da Bola » NOVO TREINADOR!

Bahia anuncia Dado Cavalcanti como treinador!

Técnico chega no Tricolor para assumir o cargo deixado por Mano Menezes

Redação Publicado em 21/12/2020, às 17h21

Bahia anuncia Dado Cavalcanti como treinador
Bahia anuncia Dado Cavalcanti como treinador - Felipe Oliveira / EC Bahia / Fotos Públicas

Nesta segunda-feira, 21, o Bahia anunciou a chegada do treinador Dado Cavalcanti para assumir o posto deixado por Mano Menezes no último domingo, 20, após a derrota e a confusão durante o jogo diante do Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro.

Confira o anúncio feito pelo clube na íntegra:

"De volta ao clube no final de outubro para o departamento de futebol, Dado Cavalcanti assumirá o comando técnico do Esquadrão a partir do jogo de domingo, contra o Internacional, na Fonte Nova.

O profissional foi o treinador do Time de Transição (sub-23) até o início da pandemia, em março, quando o projeto infelizmente precisou ser interrompido, e trabalhará com os auxiliares Cláudio Prates e Pedro Gama.

Durante sua primeira temporada no Bahia, iniciada em abril de 2019, Dado levou a equipe para a semifinal do Campeonato Brasileiro de Aspirantes e para o título do Campeonato Baiano, o qual esteve em mais da metade da campanha.

Pernambucano de 39 anos, também já treinou Santa Cruz, Coritiba, Ponte Preta, Náutico, CRB, Ceará, Paraná e Paysandu.

Foi bicampeão da Copa Verde e campeão paraense pelo Papão, além da Copa Pernambuco pelo Santa", escreveu o Bahia.

Logo após a partida, a saída de Mano foi anunciada através das redes sociais do Tricolor.

Também no Twitter, a assessoria do treinador falou sobre a demissão.

Na manhã de hoje, o Bahia postou em seu Twitter o afastamento do jogadorIndio Ramírez, acusado de racismo pelo Gerson do Flamengo, durante a partida da 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Após o jogo, o volante do time carioca deu um depoimento em que acusava o colombiano Índio Ramírez, da equipe adversária, de uma ofensa racista. O camisa 8 também cobrou respeito do técnico adversário, Mano Menezes, que segundo ele, teria minimizado o incidente. 

"O Ramírez, quando a gente tomou o segundo gol, não me lembro, reclamou do Bruno [Henrique]. E ele falou bem assim para mim: 'Cala a boca, negro'. Isso eu nunca sofri, em toda a minha carreira profissional, e não aceito. Não aceito. E o Mano, o Mano precisa respeitar", desabafou o jogador ao canal "Premiere". 


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!