Sportbuzz
Testeira
Mercado da Bola / NOVO REFORÇO!

Após não renovar com o São Paulo, lateral-direito fecha com o Palmeiras até 2022; saiba mais!

Jogador assinou com o Palmeiras com a possibilidade de prorrogação do vínculo, depois que seu contrato com o São Paulo chegou ao fim

Redação Publicado em 01/09/2021, às 07h27

Lucas Sena, jogador que se transferiu para o Palmeiras depois do fim do vínculo com o São Paulo - Reprodução/Instagram
Lucas Sena, jogador que se transferiu para o Palmeiras depois do fim do vínculo com o São Paulo - Reprodução/Instagram

Nesta terça-feira, 31, o Palmeiras registou o nome de um novo reforço no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. Trata-se do lateral-direito Lucas Sena, que só fechou com a equipe Alviverde porque seu contrato com o São Paulo chegou ao fim e não foi renovado.

Com apenas 20 anos, o lateral-direito assinou seu vínculo com o Palmeiras com validade até janeiro de 2022, com a possibilidade de renovação fixada.

Lucas Sena coleciona passagens pelas seleções de base, e é considerado um lateral promissor, deixando o São Paulo apenas por não haver um acerto entre as partes para renovar o vínculo, que era válido até junho.

BID da inscrição de Lucas Sena pelo Palmeiras, após o fim de contrato com o São Paulo (Crédito: Reprodução/BID CBF)

 

Depois de ser aprovado pelo departamento de base do Verdão, ele chega inicialmente para integrar o time Sub-20. Com a camisa oficialmente vestida, ele terá, a princípio, este fim de temporada, e a Copa São Paulo em janeiro para disputar pelo novo clube.

No entanto, não é motivo para desanimar, ou puxar o freio de mão. Isso porque caso agrade, e desperte o interesse de Abel Ferreira, o lateral pode aumentar seu vínculo, e ser levado ao elenco profissional do Palmeiras futuramente.

Falando do contrato em si, a Fifa estipula que o clube formador deve ser ressarcido quando seu jogador, que estiver abaixo de 21 anos, for embora ao fim do vínculo, como acontecer neste caso.

Por conta disso, Palmeiras e São Paulo fizeram um acordo, e o Tricolor vai continuar sendo dono dos 20% dos direitos econômicos do atleta.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!