Sportbuzz
Testeira
Mercado da Bola / CALMA LÁ!

Após chegada de reforços, Corinthians diz apostar em valorização dos garotos e avisa: "Não vamos vender a preço de banana

Corinthians ainda precisa arrecadar R$ 95 milhões em vendas, mas não vai se livrar facilmente dos garotos

Redação Publicado em 31/08/2021, às 13h57

Jogadores do Corinthians reunidos comemorando - Rodrigo Coca/Agência Corinthians/Fotos Públicas
Jogadores do Corinthians reunidos comemorando - Rodrigo Coca/Agência Corinthians/Fotos Públicas

Apesar de ter contratado recentemente reforços de peso, o Corinthians não pretende se desfazer tão facilmente dos garotos do elenco, muito pelo contrário, a equipe espera por uma valorização dos atletas, para que a venda tenha um lucro maior.

Não faz muito tempo, o Corinthians não aceitou vender duas promessas de seu elenco profissional. O lateral-esquerdo Lucas Piton, de 20 anos, e o zagueiro Raul Gustavo, de 22, continuam na equipe, esperando pelo próximo passo da diretoria.

 

Apesar dessa negativa, o clube precisa se programar, já que é necessário arrecadar R$ 95 milhões em vendas, de acordo com o balanço financeiro para o ano. Dessa forma, o jeito é apostar na valorização de seus jogadores com a chegada dos reforços.

Segundo informações do site "Globo Esporte", a diretoria Alvinegra entende que os jovens com qualidade vão ter o futebol potencializado depois das contratações de Roger Guedes, Willian, Renato Augusto e Giuliano.

Com todos eles chegando com a possibilidade de ocupar a posição de titular, a expectativa é que o Corinthians comece a jogar melhor e se firme na parte alta da tabela de classificação do Brasileirão, e com o time indo bem, os jogadores ficam mais em alta.

Porém, vale lembrar que além de Piton e Raul, outro nome que surge com força no Mercado da Bola é o do zagueiro João Victor, titular absoluto.

No entanto, até o momento o Corinthians só está contratando, e vender mesmo não tem acontecido. No primeiro semestre, foram apenas R$ 14 milhões nas negociações de jogadores, bem diferente dos R$ 95 milhões colocados como meta para a temporada.

Em entrevista ao site "Globo Esporte", o diretor do departamento financeiro do Corinthians, Wesley Melo falou sobre o tema.

"É algo que nos preocupa, sim, é uma receita importante. Terminamos uma revisão do orçamento e estamos falando em R$ 95 milhões em vendas. Mas estamos confiantes. Duilio (Monteiro Alves, presidente) vem falando que conseguiremos atingir o valor. E, se não der, vamos compensar com novas receitas do mundo digital. O Corinthians não é diferente dos demais. Dependemos de vendas para a conta fechar, e não é uma expectativa sem base. São ativos que têm mercado", disse antes de completar.

"Nós não vamos vender ninguém a preço de banana", reforçou.

Para se ter uma ideia, juntas, as ofertas do Bordeaux por Raul, e a do Olympiacos por Lucas Piton chegariam a 3,5 milhões de euros, cerca de R$ 21 milhões na cotação atual, mas ambas foram recusadas pelo entendimento do Timão em pedir mais pelas transferências.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!