Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira

"Antes de pensar no Barcelona, tem que pensar no São Paulo", Julio Casares manda recado para garotos de Cotia

Novo presidente tricolor concedeu uma entrevista coletiva e deu maiores detalhes sobre possíveis vendas no futuro

Redação Publicado em 04/01/2021, às 14h56 - Atualizado às 15h49

Brenner é um dos destaques do São Paulo
Brenner é um dos destaques do São Paulo - GettyImages

Julio Casares é o mais novo presidente do São Paulo e o cartola já chegou colocando ordem nos bastidores da equipe paulista. Em entrevista coletiva, realizada nesta segunda-feira, 4, o dirigente comentou sobre a possbilidade de vender alguns jovens atletas no futuro. 

O mandatário deixou claro que não pretende se desfazer de suas promessas e também principais peças de Cotia. No entanto, aproveitou para mandar um forte recado aos jovens atletas que tem se destacado sob o comando de Fernando Diniz nesta temporada. 

"Faremos o impossível para tentar manter os novos valores aqui, mas existem diversas questões. O atleta tem que saber a marca que vai ostentar no peito. Antes de pensar no Barcelona, tem que pensar no São Paulo, na estrutura que está recebendo", disse. 

Ele ainda seguiu dizendo que o clube necessita de dinheiro para poder manter a ordem no time: "Claro que a necessidade financeira existe. O São Paulo tem responsabilidade, não vamos fechar os olhos. Mas o ideal é que o garoto ame o São Paulo, deixe um legado esportivo".  

Além de vendas, Julio Casares também abriu a possibilidade de algumas contratações para 2021. Cauteloso, o presidente deixou claro que não pretende fazer grandes loucuras na próxima janela de transferências, porém garantiu que vai em busca de reforços pontuais. 

"Quando a comissão técnica identificar necessidade de reforço da posição, terá que ser uma prática buscar esse valor dentro da nossa formação. Se não for possível, aí vamos ao mercado, mas de maneira diferente. Os clubes viviam dificuldades antes da pandemia, que só agravou. Já vislumbrando um futuro em que nós temos a ciência terrível da questão financeira. Claro que o futebol vai estar inserido nessa nova realidade financeira", concluiu.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!