Sportbuzz
Testeira
Lutas / MMA / UFC

UFC retornará ao Brasil após dois anos

Dois anos após sua última edição no Brasil, UFC retorna e já tem data marcada, diz site; país não recebe evento do Ultimate desde março de 2020 por conta da pandemia de Covid-19

Redação Publicado em 16/12/2021, às 11h36 - Atualizado às 11h37

UFC retornará ao Brasil após dois anos; confira - GettyImages
UFC retornará ao Brasil após dois anos; confira - GettyImages

O UFC vai retornar ao Brasil em 2022, dois anos após sua última edição. De acordo com informações divulgadas pelo “Combate”, a Arena da Barra, no Rio de Janeiro, será palco do próximo evento no país, marcado para o dia 7 de maio. A última luta do Ultimate em solos brasileiros ocorreu antes da pandemia de Covid-19, em março do ano passado.

Ainda segundo a publicação, a tendência é de que o Brasil receba o UFC 274. Será a 11ª edição do Ultimate na cidade, que recebeu um card pela última vez em maio de 2019. Na época, Jéssica Bate-Estaca nocauteou Rose Namajunas, pelo peso-palha (até 52kg), e levou o cinturão no UFC 237.

Canal SportBuzz:

O último evento no país aconteceu em março de 2020, no ginásio Nilson Nelson, em Brasília, sem a presença do público. Ainda sem conquistar o título do peso-leve, Carles do Bronx venceu Kevin Lee ao finalizar o adversário na luta principal do card.

UFC retornará ao Brasil após dois anos; confira (Crédito: GettyImages)

 

McGregor convoca luta contra Charles do Bronx

Conor McGregor quer uma luta contra Charles do Bronx no UFC. O brasileiro venceu Poirier no último final de semana e ganhou ainda mais destaque dentro da categoria. Atual campeão peso-leve, o lutador tem despertado a atenção de Notorious e também de Justin Gaethje, que será o seu próximo rival dentro dos octógonos do Ultimate.

Nesta segunda-feira, 13, Conor McGregor aproveitou para tentar cavar uma luta com Charles do Bronx. Em post no Twitter, ele escreveu: “Qual a data que eu vou enfrentar o Oliveira (Charles)?”.

Gaethje provoca Charles do Bronx

O próximo adversário de Charles do Bronx, já se manifestou em relação a luta que fará contra o brasileiro nos próximos meses. Ainda sem data para a luta, o americano garantiu que não se importa com o local do combate e revelou que até aceitaria enfrentar o atual campeão peso-leve do UFC no Brasil.

"Ele acabou de ganhar um campeonato e eu tenho que construir isso. No fim das contas, sou eu tentando nocautear contra ele tentando me levar para o chão. É quem nós somos. É quem ele tem sido e é quem eu sou. Seja no Brasil, seja nos Estados Unidos, de preferência não em Abu Dhabi, eu estou dentro. Mal posso esperar", afirmou durante uma transmissão do UFC.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!

UFC