Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Lutas / MMA / EITA!

UFC: Julianna Peña desmente informação de cirurgia dada por Dana White

Chefão do UFC havia afirmado que a lutadora americana iria precisar passar por uma cirurgia plástica para corrigir a sua testa por conta da luta contra Amanda Nunes

Redação Publicado em 01/08/2022, às 08h21 - Atualizado às 10h43

Lutadora do UFC, Julianna Peña - GettyImages
Lutadora do UFC, Julianna Peña - GettyImages

O presidente do UFC, Dana White, informou na coletiva de imprensa após o duelo entre Amanda Nunes e Julianna Peña que a lutadora americana vai precisar passar por uma cirurgia plástica por ter perdido "um grande pedaço da testa" durante o combate. Além disso, o mandatário preferiu não antecipar qual será o próximo desafio da agora ex-campeã peso-galo.

"Julianna perdeu um grande pedaço da testa. Ela vai ver um cirurgião plástico agora e levará algum tempo para se curar. Ela ficou muito machucada esta noite. Foram cinco ou seis knockdowns nos dois primeiros rounds. Ela estava bastante ferida. Agora precisa tirar uma folga, relaxar, passar um tempo com a filha e então vamos ver o que acontece", disse.

"Quanto a Amanda, ela é a campeã dupla, eu a adoro, é ótimo trabalhar com ela, e vou fazer o que ela quiser. Se ela quer colocar em jogo o cinturão peso-pena, é o que ela fará. Uma trilogia contra Valentina também não é uma má ideia. Não estou dizendo que ela acontecerá. Mas não é uma má-ideia", despistou o chefão.

Já sobre a luta em si, Dana White foi perguntado sobre o que achou do combate, e se não teria avaliado que a disputa foi muito mais acirrada do que os juízes laterais consideraram em seus placares. O presidente do UFC disse que, do seu ponto de vista, a luta foi um "atropelo completo".

UFC no combate entre Amanda Nunes e Julianna Peña
UFC no combate entre Amanda Nunes e Julianna Peña (Crédito: GettyImages)

Apesar disso, na opinião dele, Amanda Nunes pareceu se segurar bastante diante de uma rival que já estava claramente muito machucada com todos os golpes que entraram em seu rosto ao longo de todo o combate. Para o dirigente, a brasileira em nenhum momento partiu para decidir a luta de vez, preferindo ficar na trocação.

"Achei que Amanda foi completamente dominante. Foram cinco ou seis knockdowns nos dois primeiros rounds. Há uma grande diferença entre tentativas de finalização e knockdowns. Eles nem são comparáveis. Julianna é duríssima e sua vontade de vencer é inigualável. Ela queria ganhar", iniciou antes de completar.

"Acho que, por mais dominante que Amanda tenha sido – e ela foi dominante esta noite – não vi uma luta equilibrada de forma alguma. Foi um atropelo completo. Acho que Amanda pode até ter se segurado um pouco ao lutar contra a rival que a venceu na última luta, e é meio idiota da minha parte dizer isso, porque ela dominou a luta inteira", seguiu.

"Talvez ela tenha se preocupado com a parte física, mas quando lembramos como ela lutou contra Cyborg, indo para cima com tudo desde o começo, e vimos que Julianna estava machucada diversas vezes na sua frente e ela em nenhum momento partiu para decidir a luta", opinou o chefão do Ultimate.

Não foi grave assim

Depois das declarações do chefão do Ultimate, a própria Julianna Peña utilizou suas redes sociais para esclarecer que não vai precisar fazer nenhuma intervenção plástica. Por meio da sua conta no "Instagram", ela contou que recebeu somente alguns pontos no que classificou de "arranhões" que foram sofridos na luta.

"Mais dura que um bifé de segunda. Obrigada a todos pelo amor! Sofri apenas alguns arranhões que precisaram somente de poucos pontos. Nada de pedaço de testa perdido e nada de cirurgia. Amo todos vocês. Estamos 1-1 agora. #campeãdopovo #trilogia #penavnunes3", escreveu a lutadora, que ainda sugeriu enfrentar Amanda Nunes em uma terceira vez.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!