Sportbuzz
Testeira
Lutas / MMA / VISH!

UFC: Gaethje detona Charles do Bronx e manda recado

Gaethje não deu muita importância para a sequência de vitórias de Charles do Bronx no UFC

Redação Publicado em 16/09/2021, às 19h01 - Atualizado às 19h24

Charles do Bronx foi criticado por Gaethje, rival no UFC - GettyImages
Charles do Bronx foi criticado por Gaethje, rival no UFC - GettyImages

Justin Gaethje ganhou os holofotes nos últimos dias, após dar declaração polêmica em relação a Charles do Bronx. O americano, em entrevista para o "UFC Unfiltered", deu diversas alfinetadas na forma como o brasileiro luta e também desmereceu a sequência de oito vitórias do atual campeão peso-leve do Ultimate Fighting Championship

Antes de falar da vitória de Charles do Bronx contra Chandler, luta que valeu o cinturão para o brasileiro, Gaethje aproveitou para alfinetar as oito lutas em sequência que o atual campeão da categoria teve e garantiu que não foram atuações dignas de uma grande oportunidade no UFC. 

"Foram grandes lutas, mas não foram lutas do calibre de uma disputa de cinturão. Não tem como negar. Mas ele tem o cinturão, e pode me mandar enfiar o cinturão na b***** e vencer oito lutas seguidas depois. É o que eu faria se fosse ele. Mas estou em uma ótima posição, não preciso vencer oito lutas seguidas para disputar o cinturão. Só preciso de uma vitória. Espero que ele também vença, porque eu adoraria enfrentá-lo e mostrar do que estou falando", afirmou. 

Ele ainda seguiu dizendo que: "Charles desiste fácil, e mostrou isso na luta contra Michael Chandler. No fim do primeiro round ele estava mal, não queria mais estar ali. Ele parece que quer fugir do octógono quando as coisas ficam feias. É o que eu penso, e acho que Dustin Poirier vai acabar com ele".

No próximo mês de dezembro, Charles do Bronx vai encarar novamente Michael Chandler e a luta será a principal do UFC 269. Justin Gaethje aproveitou para analisar a luta e também cutucar o brasileiro, dizendo que o mesmo não terá forças para vencer o adversário novamente. 

"É um duelo muito interessante. Eu aposto em Poirier, com muita certeza. Charles do Bronx é um grande grappler, mas não tem muita habilidade para levar os adversários para o chão. E Poirier é canhoto - é sempre difícil e diferente lutar contra canhotos, porque não há muitos lutadores canhotos. Poirier faz um grande trabalho no controle de distância. Charles não é Khabib, ele não atropela seus adversários para encurtar a distância. Ele precisa escolher entre derrubar ou usar a luta agarrada para buscar o clinche. Charles tem boas quedas no clinche, e essa é a única forma que ele derruba seus rivais. Mas não vejo Poirier ficando muito tempo no clinche", seguiu. 

Mas as críticas de Justin Gaethje não pararam por aí. O americano seguiu disparando contra Charles e relembrou uma luta do brasileiro contra Tony Ferguson. Na oportunidade, Do Bronx venceu o rival, mas o americano disse que o mesmo só conseguiu a vitória, pois havia vencido o adversário num combate anterior. 

"Eu ainda não acredito muito em Charles, e tenho ouvido muita mer*** por causa disso. Ele conseguiu oito vitórias seguidas, mas se formos analisar bem, Tony Ferguson foi o maior nome que ele venceu nesta sequência, de longe, mas isso aconteceu após eu colocá-lo em um inferno por 24m15s. Eu não acabei com a carreira dele porque esse cara é um lutador especial, e nunca se entregará, mas existe uma forma específica de enfrentá-lo, e eu mostrei qual era", disparou. 

"Portanto, a vitória dele não foi tão sensacional quanto disseram, e nem foi tão boa quanto a minha sobre Tony, quando ele estava invicto havia 12 lutas. Depois do que eu fiz com ele, a vitória de Charles não foi tão boa assim. É a minha opinião", completou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!