Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Lutas / MMA » POLÊMICA!

Treinador de renomados nomes do UFC é acusado de estupro por duas atletas

Erivan Ribeiro Conceição foi afastado de seus afazeres após a polêmica

Pedro Ungheria Publicado em 14/10/2019, às 08h46

Profissional do universo esportivo foi indicado por uma das acusações
Profissional do universo esportivo foi indicado por uma das acusações - Transmissão TV Globo

Na noite do último domingo, 13, uma denúncia agitou o mundo dos esportes. De acordo com o Fantástico, da TV Globo, Erivan Ribeiro Conceição, um dos maiores treinadores de boxe do Brasil, responsável por comandar atividades de grandes estrelas, como Anderson Silva e Júnior Cigano, foi acusado de estupro.

Ao todo, duas atletas, que faziam parte de um projeto do Instituto Irmãos Nogueira, que ajuda crianças e adolescentes carentes do Rio através do esporte, acusam o profissional do mundo das lutas de abuso. Nenhuma delas se identificou até o momento.

“Todas as vezes que eu saía do treino, ele arrumava um jeito de falar que ele iria me levar para casa. E fazia o que ele tinha que fazer. Os estupros, as ameaças, puxava meu cabelo, me xingava”, afirmou uma das atletas.

As duas meninas entraram para o projeto em 2013, com 13 e 14 anos. Entre 2015 e 2016, a dupla começou a se destacar e foi promovida à equipe profissional de boxe. Desde então, Erivan passou a treiná-las e as ameaçava quando não cediam ao abuso.

“Era tudo à base do: ‘você não vai treinar se você não fizer’. Como se eu não tivesse escolha. Se eu quisesse ir para a seleção, era só aquela forma de eu ir. Nunca mais vou conseguir olhar para o esporte sem lembrar do que passei. Sem lembrar das coisas que ele me falava”, desabafou a outra vítima.

Ainda de acordo com a reportagem, Erivan foi denunciado pelo Ministério Público e é réu por assédio sexual em uma das acusações. Em um dos casos, a polícia concluiu que houve estupro de vulnerável e encaminhou o inquérito ao MP, que ainda analisa o caso.

Segundo a advogada dele, “os fatos narrados não são verdadeiros. Erivan não praticou crime, e a narrativa é precária de provas e fatos concretos”. Já os Irmãos Nogueira, responsáveis pelo Instituto, afirmaram que Erivan não faz mais parte do quadro de profissionais.

SportBuzz agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades do universo esportivo e dos seus atletas preferidos? Acesse https://t.me/sportbuzzbr e não dê mais nenhuma bola fora com o seu time do coração!