Sportbuzz
Testeira
Lutas / MMA / CASO DE POLÍCIA

Lutador é sentenciado a sete anos de prisão por tráfico; entenda

Atleta americano, preso em 2020, é sentenciado por polícia australiana após admitir acusação de importação de quantidade comercial e por tráfico de cocaína

Redação Publicado em 27/11/2021, às 17h01 - Atualizado às 17h02

Lutador é sentenciado a sete anos de prisão por tráfico; entenda - Instagram
Lutador é sentenciado a sete anos de prisão por tráfico; entenda - Instagram

Nesta semana, o lutador Jake Heun foi sentenciado a sete anos e nove meses de prisão em Melbourne, na Austrália, acusado de tráfico de drogas. O americano, que foi preso em setembro de 2020, cumpriu parte da pena e deverá ser solto após mais três anos cadeia. Ele será deportado assim que for liberado. A informação é do jornal britânico “Daily Mail”.

De acordo com a publicação, a polícia da Austrália aponta o peso-pesado como parte de uma operação internacional de tráfico de drogas baseada na Tailândia. Heun se tornou alvo da investigação por conta de um pacote recheado de metanfetamina, que dizia ser gel de banho e colônia. A embalagem abriu sozinha durante um voo que chegava da França.

A polícia chegou a um antigo apartamento de Heun e prendeu o lutar do MMA no local. Durante a investigação no celular do americano, foram encontradas fotos de vários pacotes de cocaína, e as autoridades locais acreditam que ele tenha levado para a Austrália entre 35 e 40 gramas de cocaína em 2020 antes da prisão. O atleta admitiu a importação de quantidade comercial e por tráfico de cocaína.

O lutador de MMA, de 34 anos, morava na Austrália e estava num relacionamento com Danae Barwick, filha do ex-jogador de rúgbi Doug Barwick. Em seu cartel, ele somou 15 vitórias e nove derrotas. Com passagens pela PFL e pelo extinto WSOF, Heun tentou vaga nas temporadas 17 e 19 do reality show The Ultimate Fighter.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Jake Heun (@honeybearmma)

 

Conor McGregor impressiona por tamanho em foto com a esposa; veja!

Nesta quinta-feira, 25, Conor McGregor, ex-campeão peso-pena (até 65,8kg) e peso-leve (até 70,3kg) do UFC publicou uma foto em que aparece ao lado de sua esposa, Dee Devlin depois de um treino. No entanto, a imagem praticamente viralizou pelo fato de o lutador estar muito maior depois da sua lesão. Na épica, foi dito pelo treinador John Kavanagh que McGregor voltaria como peso-médio depois de se recuperar.

"Treino incrível de core completado! Feliz Dia de Ação de Graças a todos! Sou grato por ter minha mulher e família ao meu lado todos os dias", escreveu o lutador nas redes sociais.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!