Sportbuzz
Testeira
Lutas / MMA / EITA!

Jon Jones cutuca Chael Sonnen após lutador ser detido em briga

Jon Jones, que recentemente se envolveu em diversos problemas com a polícia, não poupou palavras para alfinetar Chael Sonnen pela confusão causada em um hotel de Las Vegas

Redação Publicado em 21/12/2021, às 13h29

Jon Jones alfineta Chael Sonnen - GettyImages
Jon Jones alfineta Chael Sonnen - GettyImages

Nos últimos anos, o ex-campeão peso-meio-pesado Jon Jones teve seu currículo no UFC manchado por diversos problemas com a polícia. Buscando retomar a sua carreira de sucesso, ele está se mantendo o mais longe possível de confusão, mas não deixou de alfinetar Chael Sonnen após o lutador ter sido detido por conta de uma briga em um hotel de Las Vegas.

Acontece que ainda que hoje atue como comentarista, Chael Sonnen já criticou Jon Jones em outras oportunidades, e depois que o "falastrão" foi detido por conta da briga em um hotel nos Estados Unidos, no último domingo, 19, "Bones" não deixou passar, e soltou o verbo em suas redes sociais.

Canal - SportBuzz

Através da sua conta oficial no "Twitter", Jon Jones evitou fazer muita polêmica com relação a detenção de Sonnen, que foi algemado pela polícia americana, mas também não deixou de cutucar o compatriota, dando a entender que ele o criticou das vezes em que se meteu nas brigas, e agora estava fazendo o mesmo.

"Chael Sonnen, eu não vou sentar aqui e comemorar que você está sendo acusado de agressão à uma mulher na noite passada (domingo). Isso me faria ser como você, e eu não sou. Ao invés disso, vou desejar que a sua família fique bem, assim como a família das vítimas. É curioso que as pessoas que criticam e julgam são as que possuem as coisas mais desagradáveis no "armário". Aquele que não tem pecado atire a primeira pedra. Você não vai obter pedras de mim. Boa sorte", escreveu Jon Jones.

Chael Sonnen, lutador que foi criticado por Jon Jones (Crédito: GettyImages)

 

Sendo ex-UFC e ex-Bellator, Chael Sonnen, hoje com 44 anos, deixou o hotel em Las Vegas algemado pelos policiais sob a acusação de agressão, mas não acabou sendo preso, já que os agentes não testemunharam a briga que teria acontecido. Apesar disso, o americano vai precisar responder em liberdade por cinco acusações, que a partir de agora serão investigadas pela polícia local.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!