Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Lutas / MMA » OUSADO!

Francis Ngannou avalia vitória no UFC 260 e 'define' nome de ídolo americano como próximo rival

Lutador africano derrotou Stipe Miocic e ficou com o título da categoria peso-pesado

Redação Publicado em 29/03/2021, às 07h38

Ngannou é o novo campeão do UFC
Ngannou é o novo campeão do UFC - GettyImages

Na madrugada do último domingo, 28, Francis Ngannou surpreendeu o mundo da luta ao derrotar o experiente Stipe Miocic e ficar com o cinturão da categoria peso-pesado do UFC. Com bastante paciência, o africano superou o rival por nocaute.

Logo após a disputa do UFC 260, Ngannou analisou melhor sua atuação dentro do octógono e apontou quais foram as principais virtudes colocadas em prática para derrubar o rival e ficar com o título da categoria.

Desta vez eu não entrei lá apenas para nocauteá-lo, para arrancar a sua cabeça. Nós trabalhamos para que eu entrasse lá calmo e relaxado, e simplesmente lutasse, porque eu sempre rendo melhor assim. E foi o que eu fiz. Consegui ouvir os meus técnicos me dizendo o que combinamos, e eu entendi perfeitamente as instruções”, analisou Ngannou em entrevista ao Combate.

Além da atuação na luta, Francis Ngannou também projetou qual deve ser o primeiro desafiante do título dos pesos-pesados. Sem pestanejar, o africano citou o nome de Jon Jones e uma possível revanche com Miocic.

Eu gostaria de enfrentar Jon Jones primeiro, e talvez Miocic em uma trilogia depois. Stipe disse que eu não seria o campeão até que ele se aposentasse, então acho que ele vai se aposentar. Jon Jones é o maior lutador de todos os tempos, e eu mostrei do que sou capaz ao nocautear Stipe Miocic, que me venceu uma vez e é apontado como maior peso-pesado de todos os tempos”, projetou Ngannou, que emendou:

Faz sentido eu enfrentá-lo novamente se for preciso. De qualquer maneira, eu quero lutar. Se Jon Jones não vier para o peso-pesado, a categoria precisa se movimentar. Como novo campeão dos pesos-pesados, decidi colocar mais atividade na divisão do que houve nos últimos dois ou três anos. Pretendo fazer duas ou três lutas por ano”.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!