Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Lutas / MMA / NOVO DESAFIO!

Charles do Bronx expõe planos de fazer luta histórica no UFC

Charles do Bronx tem pela frente o badalado Islam Makhachev pelo UFC 280, em Abu Dhabi, mas já está pensando no próximo e gigante desafio na carreira

Redação Publicado em 20/07/2022, às 11h10

Charles do Bronx, lutador de UFC - GettyImages
Charles do Bronx, lutador de UFC - GettyImages

Charles do Bronx ainda não entrou no ringue para enfrentar o badalado Islam Makhachev pelo UFC 280, em Abu Dhabi, que deve acontecer somente no dia 22 de outubro, mas o brasileiro já planejou seu próximo compromisso pelo Ultimate, que segundo ele será histórico. Mesmo com alguns meses de distância, ele tem mostrado a tradicional confiança para encarar o russo.

"Peguei os últimos bravos da categoria. Todos eles. Finalizei todos. Não escolho luta. Se ele quiser me levar para baixo, pode vir. Se quiser que eu comece a luta no chão fazendo guarda para ele eu faço. Deito no chão e faço. Eu sou o maior finalizador da história do Ultimate. Não estou lá para brincar", disse em entrevista ao canal de Youtube "PVT" antes de completar.

Canal - SportBuzz

"Eu sou problema dessa divisão, tenho poder de fogo nas mãos. Troco porrada com todos e finalizo. A gente está falando de três meses para luta e eu vou estar pronto para a luta. Se a gente se preocupar com o que eles vão fazer, eu não vou me preocupar com o que eu posso fazer. Nas últimas 11 lutas eu tentei levar todas as possibilidades para dentro da luta", continuou.

"Acho que ele pode tentar abafar a luta. Pode tentar me levar para baixo e tentar me prender no chão. Ele sabe que se me deixar solto eu vou lutar do meu jeito. A nossa equipe está se programando para que eu me prepare para fazer o meu melhor. Eu ando para frente, tenho poder de fogo nas mãos, tenho um chão diferenciado. Meu jiu-jitsu é de oportunidade, o que aparecer eu vou pegar", prosseguiu.

Charles do Bronx segurando o cinturão do UFC
Charles do Bronx segurando o cinturão do UFC (Crédito: GettyImages)

"Ele sabe do poder de fogo das minhas mãos. Justin Gaethje disse que minha mão é pesada e ele estava lá com eles. Então, acho que ele vai querer fazer um jogo de isometria, para me cansar. Vai usar a grade. Ele não vai querer ficar trocando comigo", disse Charles do Bronx, que pretende fazer uma das mais históricas lutas já vistas no UFC.

Vale lembrar que Islam Makhachev é dono de dez vitórias consecutivas, contando com um cartel de 22 triunfos. Apesar desses números, o russo vai fazer uma disputa de cinturão pela primeira vez na carreira. Porém, uma carta na manga para o rival do brasileiro pode ser as dicas e orientações de Khabib Nurmagomedov, que deixou o UFC em 2020.

"Todo mundo falou que o Khabib parou de lutar por causa de uma promessa para o pai. Com isso a gente entra na questão de religião. Se isso for verdade, acho que ele não volta a lutar. Acho que não tem mais uma discussão de quem é o maior peso leve da atualidade. O maior peso leve se chama Charles Oliveira", disse o brasileiro.

"Olha as minhas lutas, 11 anos para chegar no cinturão, recordista de finalização, recordista de bônus. Se o Khabib quiser voltar a lutar a gente vai ter que conversar muito sobre a questão financeira. Olha os nomes que eu peguei. Olha a bagagem que tem. Os resultados falam por si. Muita gente pode achar que não, muita gente pode falar que sim, mas os resultados falam por si. Eu não estou preocupado com isso. Quero seguir fazendo o meu trabalho", projetou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!