Sportbuzz
Testeira
Lutas / MMA / EITA!

Charles do Bronx abre o jogo sobre comissão técnica: “Fui roubado”

Ex-campeão dos leves, Charles do Bronx desabafou sobre critérios de pesagem aplicados no UFC; lutador finalizou Justin Gaethje no último sábado, 7

Redação Publicado em 11/05/2022, às 13h42

Charles do Bronx no UFC - Getty Images
Charles do Bronx no UFC - Getty Images

Charles do Bronx , ex-campeão do UFC, manifestou sua revolta com a comissão técnica no Arizona após ter seu título anulado por não corresponder aos critérios de pesagem necessários à sua categoria. As declarações foram feitas em entrevista ao podcast “Mundo da Luta”. Apesar do ocorrido, um dia depois, o atleta finalizou Justin Gaethje, no último sábado, 7.

“São 11 anos buscando um sonho de ser campeão do UFC e cheguei sem pisar em ninguém. Vendi as lutas do mesmo jeito de sempre. Poder conquistar o cinturão e levar para casa, para minha família, mostrar ao mundo que um garoto que veio de comunidade pode ser campeão do UFC, pode tornar a vida da família melhor. Perder o cinturão, sendo roubado. Eu fui roubado, essa é a verdade”, afirmou Charles.

 

CANAL - SPORTBUZZ:

O lutador de jiu-jitsu não havia batido o peso ideal por uma diferença de 200g, embora tenha estado com os quilos necessários na véspera da pesagem oficial: “A comissão atlética agiu errado comigo. Eu bati meu peso na quinta-feira, então é muita coisa na cabeça. O mais triste foi ver minha família chorar. Meu pai chorar. Minha filha chorar. Meus amigos mais próximos também, porque sabem o quanto foi doloroso para me tornar campeão”.

Charles também revelou que a ausência de notificações sobre o caso tornou a situação pior ainda. "Imagina, você vai dormir no peso e acorda na sexta-feira com um turbilhão de coisas, 1kg acima. Para todo mundo, foi avisado que a balança estava errada e para mim, que era o campeão e a estrela da noite, não fui avisado pela comissão. Então [teve] toda essa loucura de voltar para o quarto faltando 1kg aos 45min do segundo tempo”, explicou.

Charles do Bronx
Charles do Bronx no UFC (Créditos; Getty Images)

 

“Fiz sauna, bati manopla e fiz tudo que um campeão que está para bater o peso faz. Chegamos lá e faltava 200g ainda. Tirei cueca, botei cueca e pesava o mesmo. Voltei para o quarto e o mais importante de tudo foi manter a mente com o espírito de campeão". O atleta chegou a ponderar que o problema a ser resolvido não estaria em sua massa corporal.

“Acho que não tinha mais o que fazer. Eu poderia ter arrancado um braço que ainda não ia bater o peso. A comissão não queria que eu batesse. Não gosto muito de ficar falando, porque se eu falar o que tenho vontade de falar, nem sei o que dá. Mas eu poderia bater 66kg que na balança não chegaria nos 70kg”, cravou. Charles ainda concluiu, de cabeça erguida:

Ninguém entende Deus. Por que eu perdi o cinturão e Ele deixou isso acontecer? Algum propósito tem, e, depois que passou a luta, eu entendi. Era só uma defesa de cinturão contra um cara que queria me calar. Charles veio de baixo e passou pela dificuldade, roubado pela comissão e ganhou a luta. Acho que sou o campeão e muita gente ainda fala que eu sou o campeão. Foi uma coisa tão gigante. Temos que esperar para entender o propósito”.

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!