Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Lutas / MMA » INCRÍVEL!

Após brilhar no UFC 259, Amanda Nunes é elogiada por Dana White, que indica provável desafiante: "Nós poderíamos fazer isso"

Brasileira finalizou a australiana Megan Anderson ainda no primeiro round

Redação Publicado em 08/03/2021, às 10h08

Amanda Nunes na luta contra a australiana Megan Anderson
Amanda Nunes na luta contra a australiana Megan Anderson - GettyImages

O último final de semana foi recheado de disputas por títulos no UFC 259, que aconteceu em Las Vegas no sábado, 6. Em comum, todos com combates tiveram grande repercussão por conta da forma que terminaram.

Na luta principal da noite, por exemplo, Jan Blachowicz colocou seu cinturão dos meio-pesados em jogo contra Israel Adesanya, que subiu de peso especialmente para desafiá-lo.

Em entrevista coletiva após o evento, Dana White comentou a atitude do campeão dos médios, mas ressaltou a dureza que é subir de peso para buscar um segundo cinturão e elogiou o dono do cinturão dos meio-pesados.

"Ele (Adesanya) é o campeão dos médios. Ele não conseguiu o título dos meio-pesados e nem (enfrentar) o Jon Jones. Mas, veja bem, você não pode criticar alguém que tenta crescer e se tornar um dos grandes. Ele teve uma oportunidade esta noite e não aconteceu. E Jan é o cara. Ele é o campeão até 93kg, e agora irá começar a enfrentar todos da sua categoria. Tamanho é sempre um fator quando você sobe de categoria neste esporte. Esta história de double champ, é o que estão fazendo agora, mas isso não é fácil de conseguir. As pessoas que conseguem isso são absolutamente especiais", disse.

O chefão do Ultimate ainda lamentou o desfecho da luta entre Petr Yan e Aljamain Sterling, que coroou o americano como campeão por desclassificação após Yan nocauteá-lo com um golpe ilegal.

Sobre isso, Dana White garante que vai promover uma revanche imediata.

"Foi uma droga. A luta estava boa, era a luta que todo mundo estava ansioso esta noite e todo mundo sabia que seria boa, e aconteceu isso. Vamos marcar (uma revanche) assim que for possível. Aljamain foi ao hospital e foi liberado, não tem nada errado com ele. Ele também quer a revanche, vamos fazê-la", contou.

Já na co-luta principal da noite, Amanda Nunes não tomou conhecimento de Megan Anderson, finalizando a lutadora australiana no primeiro round. Por conta disso, a brasileira recebeu muitos elogios do dirigente.

"Ela é incrível. Ela fez parecer fácil uma luta contra uma adversária bem dura. Ela é uma das pessoas mais legais do mundo e vamos conversar sobre ela voltar logo para defender o título dos galos", falou Dana White.

Ainda a coletiva, o dirigente comentou sobre a possível próxima adversária de Amanda Nunes.

Dana White admitiu que Julianna Peña é a mais cotada para enfrentá-la. Escalada para lutar contra Holly Holm em maio, Peña soube que a americana estava fora da luta e então pediu logo uma chance de desafiar Amanda.

"Julianna Peña mandou mensagens para todos nós esta noite. Ela esteve bem ocupada. Sim, nós poderíamos fazer isso", finalizou.


 
 

 

 
 
 
 
 
 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!