Sportbuzz
Testeira
Futebol / FORÇAS, ZÉ LOVE!

Zé Love desabafa sobre luta contra depressão e faz forte relato

Campeão da Libertadores de 2011, Zé Love está afastado do futebol há um longo tempo, mas segue lutando para voltar a fazer o que mais ama na vida

Redação Publicado em 18/04/2022, às 21h18

Zé Love fez grande história no Santos - Ricardo Saibun / Santos FC / Flickr
Zé Love fez grande história no Santos - Ricardo Saibun / Santos FC / Flickr

No último mês, o atacante Zé Love utilizou as redes sociais para fazer um comunicado aos fãs e seguidores. Por meio de um post bastante sincero, o ex-atacante do Santos revelou que foi diagnosticado com depressão e detalhou o momento que vem passando longe dos gramados, já que foi afastado pelo Brasiliense, mas seguiu recebendo os cuidados médicos.

Em entrevista ao portal “Uol Esporte”, Zé Love abriu o coração e desabafou sobre a luta contra a depressão e a saudade dos gramados. Sempre muito claro e direto, o atacante campeão da Libertadores de 2011 contou que o problema médico surgiu depois de uma série de situações vividas por ele dentro e fora do futebol.

 

CANAL - SPORTBUZZ:

Não é a primeira vez que vivo a depressão. Há quatro anos, passei por algo parecido. O gatilho, agora, foi um acúmulo de coisas; uma bomba que estourou no ano passado e envolveu saúde e grana. Sempre fui o cara da família, que bancava minha casa e a casa dos meus pais, e, no meio do caminho, não consegui mais”, detalhou Zé Love.

A ansiedade, que sempre me acompanhou, cresceu e se transformou na impotência da depressão. Estou vivendo um dia de cada vez, é o que posso dizer. A depressão é uma doença silenciosa. Estou sorrindo aqui hoje, mas posso dar dois ou três passos e começar a chorar. Não existe linearidade na dor; há meses, convivo com ela e com essa instabilidade”, disse.

Zé Love em ação
Zé Love conquistou vários títulos com o Santos (Crédito: Ricardo Saibun / Santos FC / Flickr)

 

Com fortes relatos, Zé Love revelou que pensou em tirar sua própria vida durante a depressão. Porém, o amor da família o manteve firme para lutar com a doença. Segundo ele, a presença do filho e da esposa foram fundamentais para que nada de ruim acontecesse na vida do atleta após as diversas internações por problemas de saúde.

Chegava em casa, deitava na cama de novo e não queria ver ninguém. Nem minha esposa. Passava o dia no celular, me distraindo com qualquer bobagem. Nada estava bom. Decidi buscar ajuda quando pensei em tirar minha vida. Eu tinha medo de ficar sozinho, medo de não conseguir controlar o anseio para dar fim à dor”, revelou Zé Love.

"Quando Luciana [esposa] precisava sair, eu pedia que ela deixasse meu filho comigo. Não confiava na minha própria força de vontade para me manter vivo (...), mas, hoje, tenho certeza de que quem tira a própria vida não tem ideia do que está fazendo. Fica um branco na cabeça, a gente não pensa em nada. Só quer fugir do sofrimento e dar fim à dor”, desabafou.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Zé Love (@zelove9)

 


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!