Sportbuzz
Testeira
Futebol / MAIS UMA VEZ CAMPEÃO

Weverton comemora tri da Libertadores: “Eu te amo, Palmeiras”

Um dos destaques do Palmeiras na campanha do tricampeonato da Libertadores, Weverton comemora ‘geração histórica’ do alviverde; equipe paulista confirmou o título ao vencer o Flamengo

Redação Publicado em 27/11/2021, às 20h03

Weverton comemora tri da Libertadores: “Eu te amo, Palmeiras” - GettyImages
Weverton comemora tri da Libertadores: “Eu te amo, Palmeiras” - GettyImages

O Palmeiras conquistou o tricampeonato da Libertadores neste sábado, 27, ao vencer o Flamengo por 2 a 1 na final disputada no estádio Centenário, em Montevidéu, Uruguai. A equipe de Abel Ferreira jogou melhor e construiu o resultado com gols de Raphael Veiga e Deyverson, além da boa atuação do goleiro Weverton.

Após a partida, o goleiro alviverde comemorou o segundo título da Libertadores consecutivo. Na final brasileira, o camisa 21 foi vazado apenas no gol de Gabigol, marcado aos 27 minutos do segundo tempo. Assim como na edição de 2020, Weverton foi um dos pilares da campanha de 2021.

 

“Se não fosse a graça e se não fosse a misericórdia de Deus, que nos deu talento e nos deu a capacidade de ser tricampeão da América. De uma geração entrar de vez para história desse gigante brasileiro. Deus tem outra coisa, louve ao Senhor, porque Ele é bom e porque a Sua misericórdia dura para sempre”, disse o goleiro, em entrevista ao canal “FOX Sports”.

“Cara, eu quero dedicar (o título) para a minha família, para todos os torcedores que estão aqui hoje, que venderam talvez muitas coisas importantes para estar aqui, para comprar ingresso, pra comprar uma passagem. E também (dedico) para aqueles que estão em casa, que não puderam estar aqui. A América mais uma vez é nossa, e nós damos glória a Deus. Deus que nos presenteou com mais essa grande benção. Eu te amo, Deus, e eu te amo Palmeiras”, completou.

O Palmeiras fez história na Libertadores. Com um herói improvável, o Verdão contou com uma falha de Andreas Pereira e a estrela de Deyverson para vencer o Flamengo na final da Libertadores. Com o placar de 2 a 1, feito no início da prorrogação, o Palestra venceu pela segunda vez consecutiva o torneio continental. Gabigol descontou para o rubro-negro.

A equipe de Abel Ferreira começou a partida pressionando e fez uma grande primeiro tempo. Raphael Veiga abriu o placar logo aos cinco minutos e deixou o Flamengo em situação complicada na partida. No segundo tempo, os cariocas melhoraram e conseguiram o empate com Gabigol. Na prorrogação, Andreas Pereira falhou, Deyverson aproveitou e deu o título ao Verdão.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!