Sportbuzz
Testeira
Futebol / REAL MADRID

Vinícius Júnior comenta ausência na Seleção Brasileira: “Sei que o momento certo vai chegar”

Atacante brasileiro diz que tem “que trabalhar mais” para ser convocado na lista de Tite

Redação Publicado em 03/11/2021, às 21h17

Vinícius Júnior comenta ausência na Seleção Brasileira: “Sei que o momento certo vai chegar” - GettyImages
Vinícius Júnior comenta ausência na Seleção Brasileira: “Sei que o momento certo vai chegar” - GettyImages

Um dos principais nomes do Real Madrid na temporada, Vinícius Júnior brilhou com duas assistências na vitória por 2 a 1 sobre o Shakhtar Donetsk nesta quarta-feira, 3, pela quarta rodada do Grupo D da Champions League.

Após a partida, o atacante brasileiro falou sobre sua ausência na lista de convocados por Tite para os últimos compromissos da Seleção Brasileira no ano. Até o momento, Vini Jr. se destaca pelo Real com nove gols e cinco assistências. Em entrevista à “TNT Sports”, o camisa 20 avaliou que precisa fazer jogos melhores.

 

“A gente fica triste, queremos sempre estar entre os melhores, na Seleção. O Tite, que é um grande treinador, fez sua escolha. Optou por eu ficar em casa neste momento. Acredito que eu tenho que trabalhar mais, fazer melhores jogos. Mesmo estando bem, mas o Brasil é muito difícil, pois tem muitos jogadores. Sei que no momento certo vai chegar. Espero jogar bem este mês, pois em janeiro já tem convocação. Meu sonho é jogar a Copa do Mundo. Estar na Seleção é um prazer imenso”, disse o atacante.

Ao lado de Benzema, Vini Jr. é um dos principais responsáveis pelos gols do Real em 2021/22. De 35 bolas na rede, a dupla teve participação direta em 29 oportunidades. O brasileiro comemorou a parceria com o francês.

“Karim é um jogador incrível que faz as coisas parecerem fáceis. Sempre me dá conselhos e fala o que é o melhor para mim. É um jogador que faltam palavras. Eu o ajudar com assistências é muito importante para mim. Sou um jogador de lado, não vou fazer tantos gols. Dar as bolas para o Karim é importante para mim”, disse.

“A confiança é tudo. Do treinador, do staff, dos jogadores e da torcida. Está tudo a favor e é importante para mim. Quero continuar não só agora, mas até o fim da temporada”, completou.

Com a vitória nesta quarta-feira, o Real Madrid chegou aos nove pontos do Grupo D e ficou com a liderança isolada da chave. O time merengue tem dois pontos de vantagem para a Inter de Milão, que venceu o Sheriff. 


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!