Sportbuzz
Testeira
Futebol » EXPLICOU!

Vice do Cuiabá quebra o silêncio sobre demissão de Alberto Valentim

Logo após a declaração, Alberto Valentim rebateu o dirigente do Cuiabá

Redação Publicado em 31/05/2021, às 14h39

Alberto Valentim não é mais técnico do Cuiabá
Alberto Valentim não é mais técnico do Cuiabá - GettyImages

No último sábado, 29, o Cuiabá optou por demitir o treinador Alberto Valentim após o empate na estreia do Campeonato Brasileiro. Invicto no cargo, o técnico deixou a equipe de maneira inesperada e sem nenhuma explicação por parte dos dirigentes.

Com o passar do final de semana, a situação foi ganhando teorias até que Alberto Valentim se pronunciou e falou sobre a demissão do Cuiabá. Porém, os dirigentes do clube seguiam a lei do silêncio para não comentar a demissão.

E o sigilo durou até esta segunda-feira, 31. Em nota oficial, Cristiano Dresch, que é vice-presidente do Cuiabá, abriu o jogo sobre a demissão de Alberto Valentim. Segundo ele, a insatisfação com o treinador já vinha de algum tempo.

O erro não foi ter mandando embora agora, foi ter contratado. Nós erramos na contratação. Nós da diretoria assumimos esse ônus e essa culpa. Ele foi demitido após o início do Brasileiro porque resolvemos dar mais uma chance”, iniciou Cristiano.

Existiam vários problemas táticos, problemas de escalação, de substituição. O Alberto tem ótimo relacionamento, trabalha muito, decente, mas que tem um estilo de jogo que ele escolheu. Eu não posso ficar interferindo no que o treinador vai fazer. Ele ganha muito bem pra isso. A partir do momento que não estávamos mais satisfeitos, tentamos dialogar. Ele preferiu continuar com as ideias dele e nós, como donos do clube, tomamos a decisão de demitir”, completou.

Além de toda a situação relatada, o dirigente do Cuiabá ainda afirmou que o trabalho de Alberto Valentim não vinha sendo bem feito. Invicto no cargo, o treinador deixou a equipe com menos de 15 jogos disputados.

O trabalho não estava sendo bem feito. Era uma cobrança anterior nossa, que não estava sendo externada para a mídia e torcida. Era uma situação interna. Vimos que não seriam resolvidas em pouco tempo e resolvemos nos antecipar com a demissão”, concluiu.

VALENTIM RESPONDE

Após as declarações do dirigente do Cuiabá, Alberto Valentim respondeu a fala do profissional e afirmou que Cristiano Dresch tentou interferir na escalação da equipe. A resposta do treinador foi dada ao programa “Seleção SporTV”.

Desde a minha chegada, eu fui muito aberto, o Cristiano sabe disso. Sempre deixei que fizesse as colocações dele, eu tinha as minhas, algumas não concordávamos. No domingo, quando fomos campeões (do estadual), falamos 47 minutos, porque respeito muito as hierarquias, mas tudo tem um limite. Então, quando uma coisa começa a ser levada muito para dentro do campo, querendo quase obrigar que eu colocasse certos jogadores ou tirasse outros, isso já fica um pouco mais, o relacionamento começa a ficar um pouco desgastado”, respondeu Valentim.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!