Sportbuzz
Testeira
Futebol / VISH!

Vasco: Lisca detona arbitragem na Copa do Brasil e diz que é "hora de tirar as criancinhas da sala"

Lisca saiu indignado com os lances que possivelmente teriam mudado a partida para o Vasco na Copa do Brasil

Redação Publicado em 05/08/2021, às 14h20 - Atualizado às 14h32

Lisca detonou arbitragem na eliminação do Vasco na Copa do Brasil - Reprodução / OneFootball / Vasco TV
Lisca detonou arbitragem na eliminação do Vasco na Copa do Brasil - Reprodução / OneFootball / Vasco TV

Na última quarta-feira, 4, o Vasco acabou não se dando bem contra o São Paulo, viu o Tricolor vencer em pleno São Januário e acabou sendo eliminado na Copa do Brasil. No entanto, a partida teve diversos lances e decisões polêmicas da arbitragem, além de algumas interferências do VAR e Lisca não saiu nada satisfeito com o resultado geral de tudo isso. 

 

Em entrevista coletiva, logo depois da eliminação do Vasco na Copa do Brasil, o treinador cruzmaltino deixou claro que o árbitro errou ao não dar algumas penalidades para o time da casa e também alfinetou Daronco com a expulsão de Leandro Castán. Lisca ainda fez questão de dizer que sua equipe teve uma atuação boa, porém foi vítima de fatores externos. 

"Fizemos um gol, mas na minha concepção um gol legal. A nova regra diz que não é mais questão de anulação quando a bola bate na mão ocasionalmente. Teve o pênalti no Jabá. Tivemos a expulsão do Jabá, aí sim acho que ele entrou muito forte. Ele talvez estivesse muito irritado com a não marcação. Depois da expulsão, baixamos a linha de quatro. Logo depois voltamos num 4-3-2 tentando ser mais ofensivos. Mas aí ficamos muito vulneráveis", afirmou. 

Ele ainda seguiu: "Baixamos de novo, Sarrafiore entrou muito bem. Cayo fazendo dobra com o Léo. Tivemos mais um pênalti no Matías. Infelizmente a arbitragem não viu e o VAR também não. Depois a expulsão do Castan. Ele botou com o joelho na sola, e eles optaram por isso. Aí o jogo ficou totalmente atípico e ruim para nós".

Lisca acredita que pode usar a eliminação diante do São Paulo como um combustível extra para o elenco. Na visão do treinador, o futebol apresentado pelo Vasco durante uma parte do jogo e a forma como se deu a queda do time na Copa do Brasil serão fatores importantes para motivar o time e seguir em busca do acesso para a série A do Brasileirão. 

"Enquanto estava 11 contra 11, eu gostei demais da atitude, da postura e da agressividade. Logo depois tivemos o gol anulado, a expulsão, e ficou muito difícil reagir com a qualidade do São Paulo. Mesmo assim fizemos o nosso gol, mas ficava muito difícil buscar os pênaltis. O que fica é uma energia extra. Temos que levar essa indignação para a Série B. Que fica de positivo é que só vamos focar na Série B", continuou explicando. 

O comandante vascaíno finalizou utilizando uma frase chamativa para destacar a reabilitação do Cruzmaltino na temporada: "Pode ter certeza que hoje foi o início da nossa arrancada. Vamos buscar tirar toda essa indignação que vi no vestiário para levarmos como combustível para os próximos jogos. Como dizia meu presidente do Luverdense, é tirar as criancinhas da sala no segundo turno, que é onde a onça bebe água. Estou muito confiante e esperançoso no Vasco".


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!