Sportbuzz
Testeira
Futebol / VISH!

Vasco: Leandro Castan detona Sá Pinto e faz revelações bombásticas

Leandro Castan não poupou palavras sobre Sá Pinto e comentou rebaixamento do Vasco

Redação Publicado em 06/05/2021, às 18h25 - Atualizado às 19h26

Leandro Castan faz revelação bombástica sobre Vasco - GettyImages
Leandro Castan faz revelação bombástica sobre Vasco - GettyImages

Após um grande período de silêncio, Leandro Castan decidiu escancarar os problemas de 2020 vividos no Vasco e fez algumas revelações bombásticas. Desde atrasos salariais até discussões com treinador. o zagueiro do Cruzmaltino não poupou palavras para comentar o rebaixamento do clube carioca na temporada passada. 

 

Em entrevista ao "Globo Esporte", o defensor comparou sua relação com Marcelo Cabo e o passado vivido com Ricardo Sá Pinto, que deixou o clube com algumas arestas a serem resolvidas. Leandro Castan não escondeu sua insatisfação com o trabalho do português no Vasco e deixou claro que nunca teve problemas de relacionamento com o profissional. 

"Eu falar que não teve problema de relacionamento é até estranho, mas não teve mesmo. O relacionamento no clube não era ruim, mas em campo não estava andando. Não teve ato de indisciplina, tirando o desentendimento com o Fellipe Bastos. Acho que não deu liga. Ele não conhecia o nosso grupo, e eu falei isso para ele. Não conhecia o futebol brasileiro. Falo tranquilamente porque falei isso na cara dele. "Professor, você não é culpado porque você não conhece o nosso grupo", afirmou. 

"O principal erro do Sá Pinto foi o que eu falei para ele. Falei para ele que o nosso time não consegue jogar porque você não dá confiança para os meninos. A gente olha para o banco, e você está sempre gritando desesperado. Nosso time era chutão para frente e não conseguia jogar. Falava: "Se eu, com 34 anos, não estou conseguindo jogar, imagina os garotos". O Pec hoje está em ascensão, jogando muito. Não tem como eu não falar para o ano passado. Treinamentos do Cabo são bola no chão e "joga, joga, joga"", completou. 

Leandro Castan também fez outras revelações referentes a atrasos salariais, que predominaram durante a temporada de 2020. O zagueiro também apontou a saída de Vanderlei Luxemburgo como um dos fatores determinantes para que o Cruzmaltino se perdesse na temporada. 

"Para falar de 2020, tem que começar antes da pandemia. Começou tudo errado naquele início quando perdemos o Vanderlei. A gente se reapresenta com meses e meses de salários atrasados, mas antes de falar disso quero colocar um ponto: acho que o principal culpado do meu ano ruim fui eu mesmo. Eu não coloco a culpa em ninguém. Chegou um momento do ano em que fisicamente eu morri, não conseguia mais jogar, não tinha mais força", seguiu. 

"Quando a gente volta no início de 2020, com todos os salários atrasados, lembro que, em fevereiro ou março, tivemos reuniões com Campello. Falei bem claramente para ele: "Presidente, se a gente não mudar nesse ano aqui, vai dar ruim para a gente". Porque em 2018 aconteceu isso, em 2019 a gente teve tempo de escapar. Quando a gente se reapresentou em 2020, com um monte de gente não querendo se reapresentar e uma confusão danada, senti que ia dar problema", finalizou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!