Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » MAIS UMA VEZ!!

Vasco atrasa salários de dezembro e chega a dois meses sem pagar funcionários do clube

O time Cruzmaltino acertou o pagamento de alguns funcionários que recebem até 3 mil reais mensais

Lucas Miluzzi Publicado em 20/01/2020, às 15h47 - Atualizado às 16h20

Alexandre Campello, presidente do Vasco, em entrevista na sede do clube
Alexandre Campello, presidente do Vasco, em entrevista na sede do clube - Reprodução/Youtube

O Vasco da Gama concluiu mais um mês sem pagar os sálarios de seus funcionários. A dívida vem desde o mês de novembro e existe a possibilidade que parte dela seja paga ainda nos próximos dias. O clube ainda deve direito de imagem, 13º e férias para os profissionais vascaínos.

A informação dada pelo Globoesporte, é de que o pagamento referente ao mês de dezembro não foi efetuado pelo time cruzmaltino. A diretoria carioca busca algumas parcerias para tentar resolver, ao menos, parte deste problema. Quem aparece como provável parceiro é o Banco BMG, que estampa o nome da marca na camisa do clube.

Apesar de grande parte dos funcionários vascaínos não terem recebido seus vencimentos, alguns profissionais ,que ganham até três mil reais por mês, receberam seus sálarios. No momento, a folha salarial do Vasco é de quatro milhões de reais e o clube corre atrás de ajuda financeira para colocar esses pagamentos em dia.

O Gigante da Colina possui, além dessas dívidas, outros débitos que terão de ser pagos com o tempo. Recentemente, Leandro Desabato e Anderson Martins entraram na Justiça contra a equipe carioca em relação à alguns acordos que não foram cumpridos.

O caso do zagueiro anderson Martins está relacionado ao não pagamento de 620 mil reais que estão relacionados as verbas rescisórias e também multas. O atleta fez uma nota reclamatória que foi distribuida para 31ª Vara do Trabalho, no dia 9 de dezembro de 2019.

Recentemente houve uma atualização neste processo e a juíza Cristina de Almeida Oliveira, determinou que a defesa do jogador discrimine as verbas que supostamente foram alegadas pelo zagueiro.

Já a dívida em relação ao argentino Desabato é um pouco mais delicada. O meio-campista foi vendido ao Cerezo Osaka, no fim de 2018 por 800 mil dólares. No dia 9 de janeiro de 2020, o volante entrou com um processo contra o Vasco cobrando 971,5 mil reais do clube carioca.

O valor cobrado pelo atleta é referente a falta de pagamentos relacionados ao FGTS, férias, sálarios e multas. A juíza Elisabeth Manhães Nascimento Borges, da 37ª Vara do Trabalho do Rio, determinou uma audiência de conciliação par que as duas partes se resolvam da melhor maneira possível. A audiência está marcada para o próximo de 18 de fevereiro.


5 itens essenciais para todos os Vascaínos

1- Drinking Game Vasco - https://amzn.to/2JbROdp

2- Os Dez Mais do Vasco da Gama - https://amzn.to/2P6G5kg

3- Tábua de Churrasco Vasco - https://amzn.to/33OLr7J

4- Boné New Era Vasco - https://amzn.to/2P8whGi

5- Caneca Térmica Vasco - https://amzn.to/2JbRWJQ

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

       

  

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!