Sportbuzz
Testeira
Futebol / NOVO CAMINHO

Vasco anuncia venda da SAF: "Maior acordo da história dos clubes"

Empresa americana envolvida no negócio vai investir R$ 700 milhões para comprar 70% dos direitos da SAF, sendo que ainda vai assumir as dívidas do Vasco

Redação Publicado em 21/02/2022, às 18h55

Estádio do Vasco, no Rio de Janeiro - GettyImages
Estádio do Vasco, no Rio de Janeiro - GettyImages

Oficializou! Na tarde desta segunda-feira, 21, o Vasco anunciou o acordo para a venda de 70% da sua SAF para a empresa americana 777 Partners, que vai pagar R$ 700 milhões por 70% do futebol do clube, fazendo um investimento imediato de R$ 70 milhões através de um empréstimo-ponte.

De acordo com a nota divulgada pelo clube, esse "pré-acordo" com os americanos foi assinado pelo presidente Jorge Salgado durante sua viagem para Miami. Para que seja totalmente concretizada, a venda dos 70% da SAF precisa ser aprovada pelos conselheiros e sócios do clube carioca. Para isso, existe um prazo de 90 dias para que todos os trâmites sejam realizados.

Canal - SportBuzz

"É com orgulho que anunciamos o maior acordo da história dos clubes brasileiros. Trabalhamos incansavelmente nos últimos meses para encontrar um parceiro de longo prazo, com capacidade financeira e operacional, que compartilhasse nossa ambição de recolocar o Vasco no seu lugar de Gigante do futebol, no Brasil e na América do Sul. Será o marco zero de um novo futuro, vencedor, sustentável e sem dívidas, tudo o que almeja nossa imensa torcida", disse Jorge Salgado.

Além disso, o documento ainda não gera obrigações para as partes envolvidas, mas somente até que o negócio seja consumado. "Incluindo a dívida de R$ 700 milhões a ser assumida pelo Vasco SAF, a oferta valoriza a SAF em R$ 1,7 bilhão, tornando esta a maior transação da história do futebol brasileiro", explicou o clube carioca.

Vasco fecha a venda da SAF
Vasco fecha a venda da SAF (Crédito: Rafael Ribeiro/Vasco/Flickr)

 

Para chegar a esse valor, o Vasco considerou a proposta de R$ 700 milhões por 70% da SAF, o que deixa a avaliação de 100% do futebol do clube em R$ 1 bilhão. Depois disso, ainda são somadas as dívidas de R$ 700 milhões, que serão assumidas pela empresa durante esse período em que o acordo estiver em vigor.

"Estamos muito animados e orgulhosos por ter a oportunidade de nos unir ao incrível time do Vasco da Gama. Nós temos um imenso respeito pela rica história de sucesso do Vasco e seu papel pioneiro no apoio à inclusão social no esporte brasileiro. Estamos ansiosos para investir em uma cidade com uma das melhores concentrações de talentos no mundo, em um país que vive e respira futebol, assim como nós", contou um dos sócios-fundadores do 777, Josh Wander.

No contrato também ficará estabelecido que São Januário vai continuar sendo uma propriedade da associação. Do lado do clube-empresa, que será controlado pelos novos proprietários, a gestão do estádio será assumida por meio de um contrato de aluguel, que terá 50 anos de duração, sendo que pode ser estendido por mais 50.

"O CRVG irá transferir seus ativos de futebol e cederá o direito de uso do estádio de São Januário para a SAF, enquanto mantém a propriedade das suas sedes: Calabouço, Lagoa e Complexo de São Januário", informou o clube em nota.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!