Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » CHAMPIONS LEAGUE

Tuchel sobre segunda final consecutiva na Champions League: “Chego mais inteligente e experiente”

Técnico destaca campanha do Chelsea e avalia decisão contra o Manchester City

Redação Publicado em 24/05/2021, às 15h24

Tuchel, técnico do Chelsea
Tuchel, técnico do Chelsea - GettyImages

O Chelsea enfrenta o Manchester City no próximo sábado, 29, pela final da Champions League 2020/21. Pelo segundo ano consecutivo, o técnico Thomas Tuchel disputará a decisão do torneio e garantiu que, com os Blues, chegará para a partida “mais inteligente e experiente”.

Na edição passada, o alemão comandava o Paris Saint-Germain e foi derrotado pelo Bayern de Munique na final. Em coletiva nesta segunda-feira, 24, Tuchel afirmou que vê fatores diferentes para a decisão inglesa contra o City. O técnico do Chelsea comentou que chegar com os Blues à final nesta temporada foi um trabalho diferente da campanha com o time francês em 2019/20.

“Chego mais inteligente e experiente na minha segunda final. O mesmo para Thiago (Silva). Mas a situação é bem diferente, já que chegamos no ano passado em um torneio em que disputamos duas partidas a eliminar e depois a final. Isso parece muito diferente porque percorremos um longo caminho. Com o Frank na fase de grupos, nas eliminatórias fizemos seis partidas para chegar, é uma sensação bem diferente”, disse o treinador.

 

Tuchel foi demitido do clube francês no início de 2021 e logo assumiu o comando técnico dos Blues, ocupando a vaga de Frank Lampard. O zagueiro brasileiro Thiago Silva também deixou o PSG e acertou com o Chelsea. O defensor não renovou o contrato e encerrou sua passagem pelo Paris ao término da última temporada.

Tuchel não garantiu a presença de Kanté na decisão. Um dos principais nomes da campanha do Chelsea, o meia só será confirmado após os treinos da semana. Após o término da Premier League, o técnico deu folga para o elenco nesta segunda e terça e reforçou que os jogadores precisam de um “descanso mental” para encarar o forte Manchester City de Pep Guardiola.

“No final, tudo pode acontecer. A sorte tem grande peso, a abordagem mental, de quem pode lidar com a pressão. Os pequenos detalhes e a adaptação ao que acontece são muito importantes. Nos ajudou muito a criar laços, crescer e ter autoconfiança”, disse.

“O Manchester City é a referência na Europa. Nós somos os caras que querem alcançá-los e diminuir a distância. Queremos desafiá-los e é o que vamos fazer no Porto”, completou.

Chelsea e Manchester City se enfrentam no próximo sábado, 29, às 16h (de Brasília), no Estádio do Dragão, no Porto. A final será disputada em jogo único. Os Blues querem a segunda conquista na história, já o Manchester busca o título inédito.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!