Sportbuzz
Testeira
Futebol » TÓQUIO 2020

Treinamento mental de Lincoln Nunes leva nadador brasileiro às Olimpíadas

Renomado treinador mental de atletas de diversas modalidades, segue treinando seus atletas para conquistar as medalhas em Tóquio, dentre eles o nadador Guilherme Costa

Redação Publicado em 11/05/2021, às 18h22 - Atualizado às 19h50

Lincoln Nunes e Guilherme Costa
Lincoln Nunes e Guilherme Costa - Divulgação/ MF Press Global

Com pouco mais de dois meses e meio faltando para o início das Olimpíadas de Tóquio, milhares de atletas do mundo todo estão disputando as etapas classificatórias para participarem do maior evento esportivo do ano.

Enquanto disputam essas vagas rumo ao ouro olímpico, a maioria deles executa treinamentos pesados e difíceis, e um deles tem uma importância em especial que merece o destaque na formação do atleta, o treino mental.

“Se antigamente este tipo de suporte não tinha sua importância reconhecida, hoje os treinadores mentais têm sido levados muito em conta, e o relacionamento dos atletas com a prática, prova o aumento de desempenho prático em diversas modalidades”, destaca o treinador Lincoln Nunes.

Exemplo disso foi visto no último mês, quando o nadador brasileiro Guilherme Costa, treinado pelo profissional, conquistou o direito de disputar três modalidades olímpicas, nos 400, 800 e 1200 m livre.

Preparador de atletas de diversas modalidades esportivas, Lincoln Nunes trabalha como mental coach. “Algo como Nuno Cobra fazia com Ayrton Senna, equipara o preparador, citando uma comparação que resultou numa das mais vitoriosas carreiras do mundo esportivo.

Lincoln Nunes e Guilherme Costa (Crédito: Divulgação/ MF Press Global)

 

Treinando o nadador desde 2017, Lincoln revela que o caminho para as piscinas de Tóquio não foi fácil, mas sabe que a recompensa foi muito gratificante.

“De início, o objetivo era prepará-lo para a prova dos 1500 metros nado livre. Porém, a complexidade e extensão de um processo de treinamento mental baseado em descobrir e destacar os princípios, virtudes e valores do atleta provaram-se tão abrangentes e eficazes que deu no que deu. Tudo isso, agregado ao baita treinamento técnico do Kafu (Rogério Karfunkelstein), o melhor do Brasil. Então, as vagas para os 400m e 800m nado livre foram a cereja do bolo. Claro que, consequência do esforço investido por nós três”, disse ele.

Além disso, em termos práticos, o preparador conta que o treinamento busca o desenvolvimento de habilidades mentais cruciais para momentos de tensão que são decisivos para qualquer atleta de alta competitividade.

Para eles, havia uma decisão a ser tomada: nadar a seletiva da maratona, ou ir para um treinamento de altitude no México que seria essencial para um bom resultado na seletiva de piscina para as provas de 400 m, 800 m e 1500 m nado livre.

“Foi durante as sessões de treinamento mental que o Guilherme refletiu sobre o que traria mais felicidade e realização para ele. Visualizar a classificação nas seletivas de piscina o deixou mais confiante, motivado e a semana que antecedeu a seletiva foi de foco total”, detalhou o coach.

“O trabalho mental que levou Guilherme ao pódio, é construído no alicerce de separar o atleta do pessoal, o foco é completo no que ele precisa fazer para atingir seus resultados. Entretanto, não é nenhum tratamento de choque, com a evolução da ciência, técnicas são aplicadas e refletidas no desempenho do atleta”, completou o preparador.

Guilherme Costa em ação (Crédito: Ricardo Sodré/MTC)

 

Depois de assegurar a vaga nas Olimpíadas, Guilherme se prepara para o torneio. Enquanto isso, ele destaca como o trabalho mental tem sido essencial em sua carreira.

“Foi muito importante o trabalho do Lincoln, principalmente agora, que precisava tomar uma decisão difícil, porque eu tinha a seletiva de Maratona também. Então, ele me ajudou a visualizar o caminho, me sentir mais feliz, tranquilo e focado com a minha escolha. E a minha decisão e treinamento me fizeram chegar à piscina muito melhor e mais confiante do que estava”.

Confiante em conquistar medalhas nas piscinas japonesas, Guilherme segue fazendo as sessões semanais via online e presenciais com Lincoln, já que as competições começam no próximo mês de julho.

“Agora, só resta seguir o planejamento para que, em breve, todos possam ver a imagem dele no pódio recebendo uma medalha e escutar o hino brasileiro”, acredita o preparador.

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!