Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » DECIDIDO!

Treinador do PSG bate o martelo e revela se Neymar Jr estará relacionado para próxima partida

Apreensão sobre o destino do craque brasileiro tem tomado conta do Parque dos Príncipes

SportBuzz Digital Publicado em 13/09/2019, às 10h36

Neymar Jr
Neymar Jr - GettyImages

Na manhã desta sexta-feira, 13, uma das entrevistas esportivas mais aguardadas dos últimos tempos aconteceu no Parque dos Príncipes, na França.

Thomas Tuchel, treinador do PSG, começou o bate-papo esclarecendo se Neymar Jr estaria relacionado para o próximo jogo.

Longe dos gramados, pelo PSG, há quatro meses, o atacante voltou para Paris após uma sequência de jogos pela Seleção Brasileira, nos Estados Unidos, e ficou a disposição do comandante do clube francês para a próxima partida do campeonato local, contra o Strasbourg, que acontecerá no sábado, 14, às 12h30. 

Sem muito mistério, Tuchel revelou que Neymar estará sim relacionado para reencontrar os torcedores do PSG. Evitando maiores polêmicas, o treinador disse que está feliz com o fim do mercado e, principalmente, com o seu elenco. Reforçando a importância do astro no time, ele revelou que via o retorno do camisa 10 como necessário para as próximas partidas. 

"Sim, claro que sim (vou relacioná-lo). Estou feliz que o mercado acabou. Agora tudo está claro, estou feliz com o meu grupo. Temos muitos jogadores talentosos, temos o Ney. E isso é certo, não existe mais uma distração, ele pode se concentrar em nós. O retorno dele é necessário, ele é um jogador do PSG e está disponível. Estou convencido de que ele vai dar tudo para alcançarmos nossos objetivos", completou ele. 

Ainda no assunto, Thomas foi questionado sobre a possibilidade dele ter que lidar com um jogador infeliz dentro do grupo. Muito categórico, mais uma vez, o profissional disse que não acredita nesta possibilidade, afinal, Neymar Jr não tem motivos para não estar feliz com sua carreira. 

"A vida não é tão dura e tão difícil para o Neymar. Ele joga e vive em Paris (risos). Eu penso que se a gente falar de todas as coisas que o Neymar disse, que o pai dele disse, que sua mãe disse, que o Barcelona disse, vamos ficar malucos. Isso não é possível. As coisas estão decididas. Eu não sou aquela pessoa que diz: 'ah, ele disse isso, ah ele disse aquilo'. Quero olhar pra frente e tomar as decisões agora. Eu acho que ele vai voltar sem sorrir, mas depois vamos ver o sorriso", declarou o técnico. 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!