Sportbuzz
Testeira
Futebol / EITA!

Treinador do Metz detona Mbappé após vitória do PSG e pede humildade: "Ele precisa se comportar"

Frédéric Antonetti, comandante do Metz, não gostou nada da atitude de Mbappé na vitória do PSG

Redação Publicado em 23/09/2021, às 10h46

Mbappé na partida entre PSG e Metz - GettyImages
Mbappé na partida entre PSG e Metz - GettyImages

Eita que o clima esquentou para Mbappé depois da partida entre Metz e PSG, pelo Campeonato Francês nesta quarta-feira, 22. O treinador Frédéric Antonetti detonou a atitude do atacante com a bola rolando, e ainda pediu que ele seja mais humilde, e se comporte.

 

Ainda que tenha passado em branco na vitória do PSG por 2 a 1 sobre o Metz, Mbappé estava no foco do treinador adversário, quando se envolveu em uma confusão com o goleiro Alexandre Oukidja.

Tudo aconteceu no fim da partida, quando Hakimi marcou o gol da vitória do PSG no último lance do jogo, e Mbappé acabou provocando o goleiro Alexandre Oukidja. Bastante irritado, ele foi tirar satisfação com o camisa 7 na comemoração, o que gerou a confusão.

"Gosto muito de Mbappé, mas ele precisa se comportar de forma diferente. Ele deve ter outro comportamento se quiser ser amado. Ele se beneficiaria muito mais se fosse mais humilde", disse o técnico do Metz, Frédéric Antonetti.

Porém, antes que a polêmica no lance final tomasse todas as proporções, Mbappé e Oukidja já tinham se envolvido em outro episódio na partida.

Acontece que no segundo tempo, o atacante do PSG foi devolver bola para o Metz em gesto de fair play, mas não viu que o goleiro estava adiantado, e por conta disso, quase marcou um gol por cobertura.

O jogo

Sem Messi e com passe decisivo de Neymar, o PSG sofreu, mas venceu o Metz no Campeonato Francês por 2 a 1. Com a vitória, o Paris Saint-Germain continuou sem perder na competição e abriu sete pontos de vantagem para o Olympique de Marselha

O PSG começou bem o jogo e conseguiu abrir o placar logo aos cinco minutos com Hakimi, a equipe continuou pressionando Metz, mas viu seu volume de jogo cair.

Ao final da etapa inicial, os donos da casa empataram com Kouyaté e seguraram o resultado até o último lance do jogo. Aos 48 minutos, Neymar deixou Hakimi na cara do gol e o lateral fez o seu segundo gol na partida. 2 a 1.

Primeiro tempo

Para quem esperava que o PSG tivesse facilidade com o Metz acabou tendo uma grande surpresa. O primeiro tempo começou como o esperado, o Paris Saint-Germain pressionou os rivais, adiantou suas linhas, sufocou e conseguiu abrir o placar antes dos cinco minutos de jogo, porém viu o donos da casa irem crescendo na partida durante os 45 minutos iniciais.

O gol do PSG saiu logo no primeiro lance de perigo da partida. Depois de ótima saída em velocidade, Icardi ficou de frente para o goleiro rival e tentou a cavadinha. A bola estava entrando, mas o zagueiro do Metz tirou em cima da linha e, no rebote, Hakimi apareceu para tocar para o fundo das redes. 

O Paris Saint-Germain seguiu em cima dos rivais e quase conseguiu fazer o seu segundo gol. Com um Neymar jogando muito mais de armador, o camisa 10 deu alguns bons passes para Mbappé, que teve duas oportunidades claras contra o Metz durante a etapa inicial e acabou desperdiçando as duas com chutes para fora. 

Enquanto o PSG tentava chegar ao ataque e errava no último passe, o Metz foi crescendo na partida e gostando do jogo. Mesmo que os rivais estavam com mais posse de bola e chegando com perigo em jogadas de Mbappé, Neymar e Nuno, os donos da casa foram encontrando brechas em saídas de velocidade e chegaram ao empate aos 38 minutos. 

Gueye, que vinha fazendo grande partida pelo Metz, bateu o escanteio com perigo e Kouyaté foi mais esperto que a defesa do PSG. O zagueiro se antecipou aos rivais, conseguiu desviar com a cabeça na bola e matou Navas. O goleiro do Paris tentou chegar, porém não alcançou e viu a bola morrer no fundo das redes. 

Segundo tempo

Desesperado para manter o 100% de aproveitamento no Campeonato Francês, o PSG se lançou ao ataque e deu poucas brechas para o Metz. Explorando mais jogadas com Neymar, o time de Pochettino encurralou os adversários e se aproximou de conseguir o seu segundo gol na partida. 

O camisa 10 do Paris Saint-Germain, por sinal, foi destaque na etapa final. Tentando puxar a responsabilidade, Neymar tentou dar passes importantes, fez jogadas individuais e até arriscou de fora da área. Numa delas, o brasileiro viu sua finalização triscar a trave e sair pela linha de fundo. 

Enquanto isso, o Metz se manteve na defesa e tentou explorar as costas de Nuno e Hakimi para tentar a virada. Sempre buscando Gueye, o atacante tentou sair em velocidade, mas ficou sozinho na maioria das jogadas e sofreu para tentar oferecer algum perigo para a meta do PSG. 

Pochettino tentou mudar a partida e colocou Di María no jogo. O camisa 11 deu uma dinâmica importante para o meio de campo e ajudou Neymar a ter um pouco mais de espaço na partida, mesmo assim o PSG não conseguiu criar tantas chances de perigo. 

Quando tudo se encaminhava para um empate, Neymar encontrou um grande passe para Hakimi, que ajeitou e bateu de esquerda. A bola foi no canto do gol e sem chances para o goleiro do Metz. Placar final: 2 a 1 e PSG invicto no Campeonato Francês.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!