Sportbuzz
Testeira
Futebol / VISH!

Treinador de Portugal explica reação polêmica de Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo foi flagrado gesticulando contra o treinador de Portugal, após a derrota dolorida para Sérvia nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022

Redação Publicado em 15/11/2021, às 16h48 - Atualizado às 17h03

Cristiano Ronaldo saiu irritado com a derrota de Portugal para a Sérvia - GettyImages
Cristiano Ronaldo saiu irritado com a derrota de Portugal para a Sérvia - GettyImages

Cristiano Ronaldo saiu de campo desolado no último domingo, 14, após a derrota de Portugal para a Sérvia. O resultado culminou numa segunda colocação para a equipe lusitana nas Eliminatórias da Copa do Mundo e o fim do sonho de uma classificação direta para a Copa do Mundo. Após o apito final, CR7 foi flagrado gesticulando com Fernando Santos e parecia irritado.

 

Em entrevista coletiva, logo depois da derrota para Sérvia, o treinador de Portugal foi questionado em relação a polêmica reação de Cristiano Ronaldo. Muitos acharam que CR7 estava insatisfeito com Fernando Santos, mas o comandante português disse que o craque estava desabafando sobre a derrota e a não classificação para a Copa do Mundo. 

"Ninguém estava a explicar nada. Ele estava a dizer ao outro fulano que lá (na Sérvia) tinha marcado um gol no último minuto, e que o árbitro não contou. Era o que ele estava a dizer nesse momento. Não era tema para agora estarmos ali no campo a dizer que lá marcamos um gol e que o árbitro não marcou, mas é o desabafo dele. É perfeitamente normal. Agora ninguém vai a seguir a um jogo explicar o que aconteceu ou não aconteceu. Fui para levantar a cabeça dos jogadores", afirmou. 

CONFIRA A REAÇÃO DE CRISTIANO RONALDO ABAIXO!

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por TNT Sports Brasil (@tntsportsbr)

 

Além de ter explicado a reação polêmica de Cristiano Ronaldo e a ida para os playoffs das Eliminatórias para a Copa do Mundo, Fernando Santos analisou a derrota para a Sérvia. O comandante da seleção portuguesa contou que o seu time fez o possível para vencer e que ainda está vivo na briga por uma vaga no próximo mundial do Qatar.

"Entramos bem, pressionamos, fizemos gol. Depois começamos a não ter bola, a baixar as linhas e a chegar atrasados. Tivemos sempre muitas dificuldades. Tentei, os jogadores tentaram, lutaram. A responsabilidade é minha. A mensagem não era para jogarmos assim. Se fosse para empatar não teríamos jogado assim", completou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!