Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » BRASILEIRÃO 2020!

Tranquilo! Com atuação de alto nível, Palmeiras vence o Bragantino por 1 a 0 e encerra o ano de cabeça fria!

Equipe Alviverde está próxima de entrar no G-6 da competição nacional, que será definida apenas no ano que vem

Redação Publicado em 27/12/2020, às 20h14

Tranquilo! Com atuação de alto nível, Palmeiras vence o Bragantino por 1 a 0 e encerra o ano de cabeça fria!
Tranquilo! Com atuação de alto nível, Palmeiras vence o Bragantino por 1 a 0 e encerra o ano de cabeça fria! - GettyImages

Na tarde deste domingo, 27, Palmeiras e Red Bull Bragantino entraram em campo para se enfrentarem na  27ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Allianz Parque.

O Palmeiras chegou para o jogo como o sexto colocado do Brasileirão, com 41 pontos conquistados em 25 jogos. Já o Bragantino chegou na 13ª posição, com 31 pontos em 26 partidas.

Dessa forma, as equipes entraram em campo com os seguintes titulares:

Bola rolando!

Luiz Adriano pisou para PatrickdePaula no meio-campo, que tocou para LucasLima. O meia abriu para, Viña, que tentou o cruzamento, mas foi travado. BrenoLopes cruzou em seguida, mas o Bragantino recuperou.

Aos nove minutos, Ricardo Ryller recebeu a bola na entrada da área, avançou com espaço para finalizar, mas LucasLima chegou rápido por trás para dar um toquinho na bola e ficar com o tiro de meta.
 
Em seguida, Danilo fez uma boa jogada no meio-campo e tocou para LucasLima, que deixou de primeira para PatrickdePaula. O volante arriscou o chute de fora da área, mas pegou mal na bola, mandando longe do gol.
 
Com 13, Cuello recebeu a bola na esquerda, cortou para o meio e cruzou na área. Alerrando não conseguiu cabecear, Empereur não afastou, mas RicardoRyller é pego de surpresa e finalizou para fora, cara a cara com Weverton.
 

Luiz Adriano fez bom lançamento para BrenoLopes por trás da zaga, mas o goleiro Cleiton saiu do gol para afastar.

Aos 25, o Palmeiras trabalhou bem a bola no meio-campo, e Menino recebeu de Luan na direita. O lateral cruzou na segunda trave, Viña disputou com Artur, e o Bragantino ficou com o lateral.

O Palmeiras trabalhou bem a bola pela esquerda, fez ela rodar, e Veron recebeu na entrada da área para deixar em profundidade para BrenoLopes. O atacante tentou girar na marcação, mas a zaga do Bragantino conseguiu afastar.

Aos 27 minutos, gol do Palmeiras!

 

Gabriel Menino cruzou na área do Bragantino, e a zaga afastou. Na sobra, Menino recebeu de novo na esquerda e mandou na segunda trave. LuizAdriano cabeceou, Cleiton defendeu, mas no rebote o atacante fez o gol. O auxiliar levantou a bandeira marcando impedimento, mas o VAR validou após a checagem. 

Após o gol, Lucas Lima perdeu a bola no campo de defesa, e Artur achou Cuello na intermediária. O meia ajeitou para a direita e bateu colocado por cima do gol do Palmeiras.
 
Já aos 44, Danilo fez bom corta no campo de defesa e lançou Lucas Lima no ataque. O meia passou pela marcação e inverteu para Menino. O lateral tentou a tabela com Luiz Adriano, mas a devolução saiu errada.
 
Nos acréscimos, Lucas Lima lançou Breno Lopes por trás da zaga, que arrancou na grande área e encheu o pé de direita.
 
Com 48, Luan tocou para Danilo no meio-campo, que foi cercado por dois e perdeu a bola. Thonny Anderson avançou na entrada da área, armou o chute de esquerda, mas Luan chegou travando no carrinho.
 
Fim do primeiro tempo!
Bola rolando!
 
Aos dois minutos da volta do intervalo, Cuello fez uma boa jogada para cima de Menino na esquerda, invadiu a área e cruzou rasteiro. Patrick de Paula chegou afastando.
 
Em seguida, Aderlan tabelou com Claudinho na grande área, chutou forte de direita, mas a bola explodiu em Empereur, que afastou em seguida.
 
Com cinco minutos, Artur tentou dominar para finalizar na grande área, mas caiu no chão pedindo pênalti, e Empereur afastou e o árbitor mandou o jogo seguir.
 

Danilo recuperou a bola no meio-campo, chapelou Artur e avançou no ataque. O volante adiantou demais e acabou perdendo a bola.

No lance seguinte, Aderlan recebeu a bola invertida na grande área, pela direita, e chegou batendo de primeira. O cruzamento desviou na marcação e passou perto da trave de Weverton.

Aos 10, Luiz Adriano recebeu a bola atrás e tocou em profundidade para Veron, que invadiu a área e tentou o toque para trás buscando o camisa 10. A bola foi travada pela marcação.
 

Depois, Veron desarmou Claudinho no campo de defesa e puxou o contra-ataque. O atacante tentou o cruzamento para Breno Lopes, mas foi interceptado. Em seguida, Viña tentou avançar na linha de fundo e cedeu o tiro de meta.

A bola foi alçada na segunda trave, e Weverton saiu estranho para dar um tapa nela. Claudinho ficou com a sobra e cruzou forte e rasteiro na área. A bola desviou em um, desviou em outro, e Ytalo acabou dando um toquinho para finalizar. 

Com 24, p Bragantino recuperou a bola no campo de ataque, e Cuello avançou na entrada da área. O meia bateu colocado no canto de Weverton, que fez a ponte para espalmar para escanteio.
 
Em seguida, Claudinho deu uma cavadinha na área buscando Ytalo, e o atacante chegou livre de marcação na pequena área para cabecear. A bola ainda bateu no travessão e foi para fora.
 
Aos 30, a bola bateu e rebateu na entrada da área, e Claudinho conseguiu achar Ytalo dentro dela. O atacante dominou e virou batendo. Weverton agarrou o chute no meio do gol.
 
No lance seguinte, Lucas Evangelista recebeu a bola ajeitada na entrada da área e bateu forte de direita. O chute passou com muito perigo pelo gol de Weverton.
 

Léo Ortiz tocou para Evangelista na esquerda, que tocou em profundidade para Ytalo na grande área. O atacante dominou para finalizar, mas Viña chegou de carrinho por trás para travar.

Com 43, Veiga aproveitou a falha da defesa do Bragantino, tirou do goleiro e puxou até a linha de fundo. O meia recuou para Menino, que teve a opção de cruzar na área sem goleiro, mas foi desarmado ao tentar o corte na marcação.

Já nos acréscimos, Menino recebeu na linha de fundo e deixou de calcanhar para Marcos Rocha, que ajeitou para Veiga. O meia armou o chute de primeira, pegou de esquerda, mas mandou longe do gol.

Fabrício Bruno recuperou a bola no campo de ataque e arriscou o chute de fora da área. A bola desviou em Emerson Santos e quase encobriu Weverton. 

Fim de jogo!

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!