Sportbuzz
Testeira
Futebol / EITA!

Tottenham pretende punir jogadores da Argentina envovidos em polêmica contra o Brasil

Lo Celso e Romero, jogadores da Argentina envolvidos na polêmica com o Brasil, devem ser punidos pelo Tottenham

Redação Publicado em 06/09/2021, às 15h18 - Atualizado às 15h31

Lo Celso e Romero, jogadores da Argentina, devem ser punidos pelo Tottenham - GettyImages
Lo Celso e Romero, jogadores da Argentina, devem ser punidos pelo Tottenham - GettyImages

Lo Celso e Romero devem receber uma punição do Tottenham, devido a confusão em que se envolveram na partida entre Brasil e Argentina. Os dois jogadores dos Spurs juntamente com Martínez e Buendía não cumpriram quarentena obrigatória em solo brasileiro e foram parados pela Anvisa ainda enquanto a bola rolava na NeoQuímica Arena. 

Devido ao ocorrido, o Tottenham não se mostrou feliz de ver os seus jogadores envolvidos numa polêmica que ganhou dimensão global. De acordo com o que foi divulgado pela imprensa inglesa, os Spurs estão estudando uma forma de punir Lo Celso e Romero pelo o que aconteceu no Brasil, visto que os ingleses não queriam ter liberado a dupla para a Argentina. 

Ainda segundo os jornais ingleses, os dois atletas do Tottenham iriam para sair da América do Sul, após os jogos da Seleção Albiceleste, e viajariam para a Croácia. Essa programação se deve, pois com a ida para o país do velho continente, Lo Celso e Romero evitariam de passar por uma quarentena de 10 dias em hotéis localizados na Inglaterra. 

EMILIANO MARTÍNEZ SAIU REVOLTADO COM POLÊMICA EM BRASIL X ARGENTINA!

No último domingo, 5, Brasil e Argentina deveriam ter se enfrentado e feito um dos principais jogos da atual edição das Eliminatórias para a Copa do Mundo. No entanto, devido a algumas irregularidades sanitárias por parte de quatro jogadores argentinos, a Anvisa foi a campo e o principal clássico das Américas não foi realizado. 

Depois de muita polêmica, algumas explicações e depoimentos no aeroporto, a Seleção Argentina voltou para Buenos Aires, onde ainda vai completar sua sequência de jogos nas Eliminatórias da Copa do Mundo nesta Data Fifa. No entanto, dois, dos quatro jogadores envolvidos no imbróglio sanitário, foram liberados para voltar para a Inglaterra. 

Voltando para o país onde exercem a sua profissão, um dos quatro atletas pararam para conversar com a imprensa. Coube a Emiliano Martínez, goleiro titular da Seleção Albiceleste, comentar sobre o ocorrido e o arqueiro deixou clara a sua insatisfação com a atuação do governo brasileiro no último domingo, 5. 

"Havia boatos sobre os jogadores da Premier League, que não poderiam jogar, mas tinham que nos avisar quando chegamos ao Brasil e não teríamos nos preparado para cancelarem o jogo. Simples. Eles tinham que nos avisar antes", afirmou o goleiro do Aston Villa, da Inglaterra. 

"Nós quatro decidimos vir por amor à camisa, embora todos os da Premier não quisessem vir, viemos assim mesmo. Depois de vencer a Copa América, toda a equipe quer ficar com o grupo", completou o goleiro. Martínez ainda garantiu que a Argentina tinha tudo para vencer o Brasil e lamentou todo o ocorrido na NeoQuímica Arena. 

"Todos nós sabemos o que aconteceu. Nos preparamos para três dias no Brasil para jogar e ter sido cancelado depois de cinco minutos é uma sensação difícil. Tínhamos tudo para ganhar e por coisas políticas, não sei o que aconteceu, foi cancelado, e tivemos que voltar", seguiu. 

Martínez ainda finalizou o assunto, concluindo que a Argentina sairia vitoriosa do clássico sul-americano e lamentou:"É uma pena porque íamos ganhar". A Seleção Albiceleste volta a campo nesta quinta-feira, 9, às 20h30, contra Bolívia, e não poderá contar com o goleiro e Buendía que foram dispensados e retornaram para Inglaterra.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!