Sportbuzz
Testeira
Futebol / CORINTHIANS

Torcida organizada do Corinthians nega relação com ameaças a Cássio

Torcida organizada repudia ameaças sofridas por Cássio e sua família, nega relação com o crime e diz que está colaborando com as autoridades competentes

Redação Publicado em 08/04/2022, às 14h32

Torcida organizada do Corinthians nega relação com ameaças a Cássio - GettyImages
Torcida organizada do Corinthians nega relação com ameaças a Cássio - GettyImages

A maior torcida organizada do Corinthians se manifestou pela primeira vez após as ameaças sofridas pelo goleiro Cássio e sua família. Em nota divulgada nesta sexta-feira, 8, a Gaviões da Fiel afirmou que não tem relação com os ataques, repudiou o ato e informou que está colaborando com as autoridades competentes.

Torcedores do Corinthians estiveram no CT Joaquim Grava na quinta-feira, 7, para conversar com elenco e comissão técnica sobre o desempenho da equipe na atual temporada. Capitão e ídolo do clube, Cássio foi um dos alvos de cobranças juntamente com outros jogadores experientes.

 

Canal - SportBuzz: 

Horas depois da manifestação, o arqueiro e sua família, além do zagueiro Gil, receberam ameaças de morte e violência por meio de uma mensagem em uma rede social. O goleiro e o defensor registraram o crime na Delegacia de Polícia e Repressão aos Delitos de Intolerância Esportiva após o ocorrido.

O Corinthians também emitiu uma nota na noite desta quinta-feira, 7, repudiando a ação. Depois de o clube se pronunciar, foi a vez do jogador se manifestar sobre sua trajetória no time. O capitão ainda mandou um recado para os críticos. O goleiro deixou claro que registrou um boletim de ocorrência na delegacia assim que soube do teor dos áudios que sua esposa recebeu no celular.

Cássio sofre ameaças
Cássio sofre ameaças nas redes sociais (Crédito: GettyImages)

 

“Resolvi me manifestar depois dos fatos que aconteceram com a minha família nesta quinta-feira (07/04). Encaminhei à polícia os áudios recebidos por minha esposa, para que, quem tenha competência necessária, possa cuidar do caso. Não posso aceitar esse tipo de ameaça de forma alguma. Espero que a justiça seja feita”, iniciou o goleiro no texto.

“Sempre fui um jogador que lidou bem com críticas, discordei e me defendi quando necessário, além de admitir falhas quando entendi que elas aconteceram. Mas desafio alguém a provar que eu tenha ficado mais de dez anos no Corinthians sendo 'vagabundo' ou 'paneleiro', os termos que foram usados hoje e que aparecem em algumas manifestações vez ou outra”, continuou.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Cássio Ramos (@rcassio12)

 

Confira a nota divulgada pela Gaviões da Fiel

Nota de esclarecimento - Goleiro Cássio

Os Gaviões da Fiel repudiam qualquer ato de covardia e também as ameaças feitas ao goleiro Cássio e sua família, e está colaborando com as autoridades competentes para que o caso seja apurado e esclarecido.

A conversa que tivemos com o elenco na parte da manhã de ontem (7) presencialmente no CT nada tem a ver com isso. Nós só fizemos a parte que nos cabe que é a de ser órgão fiscalizador do Sport Club Corinthians Paulista.

“Pelo Corinthians, com muito amor, até o fim”.

Gaviões da Fiel Torcida.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!